DESTAQUES

Lesão muscular e tendinites; saiba como tratar

Juliana Prestes Mancuso 16/03/2018 SAÚDE E BEM-ESTAR
Lesão muscular e tendinites; saiba como tratar
Fonte: imagem Pixabay
Cada pessoa requer um tipo de técnica fisioterápica diferenciada

Por Juliana Mancuso
 
Na ortopedia, não se trata da mesma maneira um paciente sedentário e um atleta.

TEXTO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE



A lesão de um sedentário exige cuidados diferentes do que o mesmo tipo de lesão em um atleta, especialmente se ele usar a articulação comprometida no dia a dia. Existem pontos específicos, que estão sendo cada vez mais estudados, para direcionar o tratamento.

Por isso, cada vez mais o fisioterapeuta precisa especializar-se para atender melhor as exigências dos pacientes e da própria profissão.

Cada pessoa requer um tipo de técnica fisioterápica diferenciada, uma avaliação específica e um tempo de terapia, medido em sessões. Pacientes à medida que ficam mais estáveis, fazem uma sessão por dia e são orientados para realizar os exercícios sozinhos em casa, a caminhar mais ou a dedicar-se a alguma atividade no dia a dia que melhore a capacidade e integração física, de modo que o sucesso da terapia também tenha a parcela de comprometimento por parte do paciente a fim de garantir a todos eles melhor qualidade de vida.

Para a melhora da musculatura, através de aparelhos, podemos contar com as correntes elétricas chamadas FES ( sigla em inglês para Eletroestimulação) e a correte Russa, também empregada na área estética para a melhora da condição e oxigenação muscular. As correntes de fortalecimento são coadjuvantes da terapia física pós-operatórias principalmente, para “acordar” a musculatura reequilibrando as fibras musculares e preparando-as para o exercício dito livre, sem ajuda, seja do terapeuta ou da corrente. É comum sentir dor após esse tipo de terapia, e a recomendação é geralmente o uso de gelo, caso seja necessário.

Há também como tratar algumas lesões por meio de alongamento, massagem, aplicação de gelo (crioterapia), uso de antioxidantes e/ou anti-inflamatórios, e a imersão da região afetada em água gelada.
 
O importante é ter em mente que, para cada tipo de dor existe uma técnica adequada, consulte sempre um profissional.

Dores no corpo; saiba como tratar – clique aqui
 




TAGS :

    como, tratar, dores, corpo, fisioterapia, crioterapia, eletroterapia, tendinite, lesão, muscular

Juliana Prestes Mancuso

É formada pela Universidade Anhembi Morumbi, especializada em Fisioterapia Ortopédica e Traumatológica pelo Instituto Cohen de Ortopedia e Medicina Esportiva, Fisiologia do Exercício pela Universidade Veiga de Almeida, Fisioterapia do Sistema Musculoesquelética pela Universidade São Marcos e em acupuntura e medicina chinesa pelo Centro Científico Cultural Brasileiro de Fisioterapia. É responsável pelo site e grupo de discussão Fisioterapeutas Plugadas.



ENQUETE

Você sente necessidade de ter a aprovação dos outros?






VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2018
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.