DESTAQUES

É normal ficar cansada ao caminhar?

Milena Liste 01/01/2016 SAÚDE E BEM-ESTAR
Cardíacos devem caminhar numa intensidade de moderada a fraca e no plano

por Milena Liste

"Sempre que faço caminhada começo a me sentir cansada. Já me disseram que quem tem problemas de coração tem que fazer caminhada é verdade?"

Resposta: Ao se engajar em qualquer programa de condicionamento físico, se a pessoa for sedentária, ou fez atividades físicas e parou por um tempo, é muito comum ficar cansada, dolorida, ter câimbras, formigamentos, "queimação" no peito, palpitação dos batimentos cardíacos no início da prática de caminhada.

Masé amplamente divulgado pela mídia e, por força de legislação estadual paulista e municipal da cidade de São Paulo, a apresentação de um atestado médico, com uma avaliação clínica realizada por um médico. Exames complementares sempre serão bem-vindos, tais como ECG (eletrocardiograma) de repouso, teste de esforço, hemograma e uma avaliação física (não obrigatória por lei) realizada por um profissional de educação física. Essas medidas são para a própria segurança da saúde do indivíduo.

Se você já foi assistida por um médico e ele não detectou nada, o cansaço, ao iniciar uma caminhada, é normal.

Como iniciar caminhada:

- Vestimenta correta como roupa confortável, tecido que proteja corretamente do frio ou calor, que não seja apertada;

- Calçado esportivo adequado (veja aqui);

- Boa hidratação e você alimentada são premissas básicas para o início da caminhada;

- Todo início deve ser lento, sem subidas, tempo máximo de 30 minutos;

- A cada semana, pode sim aumentar o tempo, uns 5 minutos por semana, percurso mais íngreme, por exemplo.

Todas as pessoas devem realizar exercício aeróbico como caminhada, corrida, andar de bicicleta, nadar, remar, aulas de jump, step etc. O trabalho aeróbico faz com que as artérias coronárias e veias (no coração) fiquem mais elásticas, resistentes e, além disso, melhoram as concentrações de glicose, colesterol, triglicérides da composição do sangue corporal. O que varia, em casos de pessoas portadoras de diabetes, hipertensão e cardiopatia, são as intensidades de esforço que deverá ser feito o exercício. Nestas patologias citadas, a intensidade do esforço no exercício deve ser de moderado a fraco.

Portanto, se você é cardiopata, você deve sim caminhar, porém numa intensidade moderada a fraca, de preferência no plano, pois me terrenos com muitas subidas, sua freuqencia cardíaca poderá subitamente acelerar, o que não é conveniente.

Boas caminhadas.

Vya Estelar Responde

Vya Estelar quer colocar você, querido leitor, mais perto ainda de nós. Esse profissional irá responder dúvidas enviadas pelos internautas sobre um determinado tema. A professora de educação física e fisioterapeuta Milena Liste responderá e-mails relacionados à saúde da mulher na área da atividade física, fisioterapia/obstetrícia, ginástica postural, ergonomia e RPG. Os e-mails serão selecionados e editados de acordo com critério editorial do Vya Estelar, já que não será possível responder a todos. Seu nome e e-mail não serão publicados.

ENVIAR PERGUNTA



Milena Liste

Educadora física, pós-graduada em Fisiologia do Exercício e fisioterapeuta, pós-graduada em Fisioterapia Desportiva. Desde de 1997, atua como personal trainer há 15 anos na área de ginástica postural e RPG. Desde 2007, na área de uroginecologia trabalha com orientação e conscientização da saúde do homem, da mulher e de atletas quanto a musculatura pélvica e afecções. Supervisiona o curso de Fisioterapia em Obstetrícia e Uroginecolocogia da UNIFESP.



ENQUETE

Você revidaria uma traição?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2018
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.