DESTAQUES

Correr em grupo pode ser prejudicial à saúde?

Redação Vya Estelar 01/01/2016 SAÚDE E BEM-ESTAR
Não é por que está junto que precisa correr o tempo todo lado a lado

por Simone Sarti

Resposta: Apesar da corrida ser uma atividade individual, muitas vezes vemos as pessoas correndo em grupos, em duplas, etc.

Dessa forma, as pessoas sentem-se mais motivadas e faltam menos ao compromisso, afinal, terá alguém à sua espera.

Casais encontram mais um momento para ficarem juntos e nos grupos acabam se formando novas amizades. Com tantas vantagens, não é à toa que essa modalidade vem aumentando cada vez mais.

No entanto, vale lembrar que existem também as desvantagens. Em meio à “diversão” que a corrida em grupo proporciona, um corredor pode acabar extrapolando os seus limites e correr além do seu tempo, ou aumentar o seu ritmo sem perceber para acompanhar o grupo ou parceiros e sentir os danos mais tarde.

Algumas pessoas são muito competitivas e querem sempre estar à frente ou estão sempre tentando conseguir mais. Essas devem tomar cuidado para evitar o “overtraining”, o que vai exigir uma quebra nos treinos para se recuperar, para tratar lesões, comprometendo assim todo o seu treinamento e sua condição física.

Para que isso não aconteça, não é preciso ser um corredor solitário.

Procure uma assessoria que trabalhe com grupos de corrida, pois mesmo correndo juntos, cada um possui sua planilha de treinos.

Tenha foco nos seus objetivos. Dentro do grupo ou se for escolher um parceiro, tente encontrar as pessoas que tenham os mesmos níveis de condição física, os mesmos objetivos ou pelo menos parecidos com os seus.

Não se distraia demais, isso para você poder conseguir “ouvir” o seu corpo e, se preciso, avance um pouco ou diminua o seu ritmo, conforme a necessidade. Não é por que está junto que precisa correr o tempo todo lado a lado.




Redação Vya Estelar



ENQUETE

De qual problema você gostaria de se livrar em 2018?








VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2017
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.