DESTAQUES

Não é possível alongar cabelos sem causar danos à sua estrutura

Sonia Corazza 01/01/2016 SAÚDE E BEM-ESTAR
Com o tempo, aumento na queda e quebra dos fios

por Sonia Corazza

O modo do cabelão nunca acaba. Sai ano, entra ano, a mulherada tem como alvo deixar os fios mais compridos em poucos minutos.

Mega hair, great lenghts, ponto americano, quantas formas diferentes de esticar. Mas como fazer esse milagre de transformação quase imediata sem danificar demais o cabelo?

Tanta técnica, quanto de prejuízo?

Na verdade todas as técnicas de alongar o comprimento dos fios envolve algum tipo de adesivo e algum tipo de fio, sintético ou não.

Os adesivos atualmente são formulados com uma boa concentração de queratina e polímeros sintéticos, que aderem aos fios naturais mediante aplicação de uma fonte de calor.

Cola quente

No caso das pinças aquecidas, a temperatura pode chegar a 240º C . Mas você pode optar pelas pinças a frio, que fundem a queratina através da ação de uma fonte de ultrassom e causam menor prejuízo à estrutura natural do cabelo. Porém é importante saber que qualquer aumento de temperatura acaba desestruturando a composição original da fibra capilar, levando à fragilidade e tendência à quebra e queda.

Crochê

Outra técnica ainda bastante usada é o entrelaçamento, que une os fios do próprio cabelo aos fios adicionais com um ponto. Aqui o dano é mecânico, resultando no estraçalhamento da cutícula e na formação de pontas áreas de menor resistência e propensão à quebra.

Minimize o estrago

A primeira indicação é seguir as orientações do profissional que está fazendo o trabalho. Shampoos, condicionadores, finalizadores devem ser escolhidos com cautela e sob a batuta de quem realmente entende de formulação.

Evite fórmulas de limpeza profunda, que agem com maior agressividade para eliminar os resíduos dos fios, mas também acabam levando a queratina que os cola. Com isso as mechas podem se soltar com grande facilidade e acabar com o trabalho de horas. Prefira os produtos de ação mais suave, preferencialmente na forma de mousse de limpeza, que agem removendo as impurezas mas não atacam o adesivo de queratina.

Condicionadores e finalizadores devem também obedecer a seleção cautelosa para se optar por fórmulas menos ácidas, contendo aminoácidos protetores, que ajudam na recuperação da estrutura do cabelo.

Nutracêutica caseira

Mas para cuidar da saúde do cabelo não basta cuidar do lado externo. Tudo começa pela alimentação do seu organismo, já que quem se encarrega de nutrir o bulbo onde o fio de cabelo nasce, é seu próprio sangue.

Para ter um cabelo saudável, o seu corpo todo precisa estar bem nutrido. Uma dieta equilibrada contendo proteínas marinhas, muitos vegetais frescos e água é fundamental para manter a vitalidade do fio de cabelo, que é nutrido a partir do bulbo e fica implantado na parte interna do couro cabeludo, recebendo dos vasos sanguíneos o oxigênio e nutrientes para se manter saudável.

Mas não se engane, qualquer que seja a técnica utilizada, vai haver dano na estrutura natural do seu cabelo e após algum tempo poderá acontecer um amento na quebra e também na queda dos fios. Se ainda assim você deseja investir no cabelão imediato, procure um bom profissional, converse bastante com quem já se submeteu ao tratamento com ele e cuide-se!




Sonia Corazza

É engenheira química especializada em Cosmetologia. Tem 25 anos de experiência como formuladora de cosméticos. Atuou em empresas líderes no setor. É autora do livro Beleza Inteligente (Madras). Mais informações: www.belezainteligente.com.br



ENQUETE

De qual problema você gostaria de se livrar em 2018?








VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2017
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.