DESTAQUES

Casamento se baseia em trocas reais e não em trocas românticas

Anette Lewin 01/01/2016 PSICOLOGIA
Oscilações na relação nem sempre são sinal de perigo

por Anette Lewin

"Tenho 20 anos de casada, estou muito insegura na minha relação, o que posso fazer para melhorar isso?"

Resposta: A melhor forma de se trabalhar autoestima, que é o que nos dá segurança, é entendendo que antes de mais nada devemos evitar tentar transformar o outro num receptáculo de nossas fantasias, pois cada um é de um jeito e o casamento não nos dá tudo o que precisamos. É seguro aquele que percebe que na relação as coisas se transformam sem que isso signifique que o amor está acabando.

Aquele que aceita as oscilações da relação como algo natural e não como um sinal de perigo; aquele que desenvolve sua sensibilidade para perceber quando é hora de falar e quando é hora de calar; aquele que entende que um casamento se baseia em trocas reais e não em trocas românticas.

No seu caso, após 20 anos de casamento, talvez valha a pena fazer uma revisão de tudo o que foi vivido em conjunto e tentar entender se os itens acima mencionados foram respeitados ou não; se vocês construiram juntos algo que ainda está de pé; se existem ainda afetos e projetos para serem trabalhados em conjunto e, principalmente, se você ainda quer essa relação. Porque se, para se sentir segura, você acredita que precisa saber o que vai na cabeça dele, esqueça. Tente adquirir essa segurança através da sua cabeça, do seu desejo e do seu comportamento, porque são os únicos que você pode controlar e modificar.

Vya Estelar Responde

Vya Estelar quer colocar você, querido leitor, mais perto ainda de nós. Esse profissional irá responder dúvidas enviadas pelos internautas sobre um determinado tema. A psicóloga Anette Lewin responderá sobre relacionamento amoroso, conflitos na vida a dois e conjugal. Os e-mails serão selecionados e editados de acordo com critério editorial do Vya Estelar, já que não será possível responder a todos. Seu nome e e-mail serão preservados.

ENVIAR PERGUNTA



Anette Lewin

É psicóloga graduada pela PUC/SP. É psicoterapeuta de adultos e adolescentes em consultório particular desde 1975 até a presente data.



ENQUETE

De qual problema você gostaria de se livrar em 2018?








VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2017
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.