DESTAQUES

Cultura para não desperdiçar água ainda é inexistente

Marilena Lavorato 01/01/2016 SERVIÇOS

por Marilena Lavorato

A ONU (Organização das Nações Unidas) recomenda a disponibilidade de água de pelo menos 1.500 m3/habitante ano.

A disponibilidade hídrica em São Paulo é de 250 m3 habitante/ano.

No Oriente Médio, é de 450 m3 habitante/ano. A crise é muita séria. Já passou da hora de uma mudança cultural da sociedade.

Não é por que moramos em um país que se orgulha de ter mais de 10% de toda água doce disponível do planeta, que podemos nos dar o luxo de não nos preocuparmos com o uso racional da água. Devemos ter consciência de que a localização deste recurso (água) está distante dos grandes centros urbanos. 70% do recurso está localizado na Região Amazônica, onde a população é de apenas 7%. Os 30% restantes distribuem-se desigualmente pelo País, para atender 93% da população brasileira.

Embora o Hino Nacional destaque que nosso país é um "gigante pela própria natureza", que podemos usar e abusar dela (a natureza). Não é por que o Brasil detém 77% do manancial de água doce da América do Sul e 11,6% da reserva do mundo que podemos lavar a calçada com a mangueira ou ter perdas de mais 25% na rede de distribuição.

Também temos que ressaltar o fato de que a agricultura e pecuária, responsáveis por aproximadamente 70% do consumo de água, não podem mais adotar práticas defasadas de irrigação que desperdiçam muito água. A irrigação por gotejamento é uma prática adotada em diversos países com escassez hídrica e obtém ótimos resultados.

Já passou da hora do cidadão brasileiro rever seus conceitos e adotar hábitos mais sustentáveis em seu dia a dia.




Marilena Lavorato

É Publicitária (PUCC) com especialização em Marketing (ESPM), Negócios (FGV/SP), Sociologia e Política (EPGSP/SP), Gestão Ambiental (IETEC), e Gestão Empresarial Estratégica (USP). Organizadora do Programa Benchmarking Ambiental Brasileiro, Co-Editora do Livro BenchMais, Presidente do Comitê de Sustentabilidade do Instituto Mais, Professora e conferencista para os temas Benchmarking Ambiental e Marketing Verde em universidades e congressos. Mais informações: www.institutomais.org



ENQUETE

De qual problema você gostaria de se livrar em 2018?








VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2017
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.