imagem de capa

Vya Estelar Responde

Fala Leitor

Crises de ansiedade podem gerar claustrofobia?

O claustrofóbico pode muitas vezes viver uma situação de vida em que se percebe "preso"

por Eduardo Ferreira Santos

“Desde o final do ano passado devido a crises de ansiedade fiquei com claustrofobia de avião, já faço terapia, como posso melhorar isso?” – enviado por uma leitora  

Resposta: A ansiedade pura e “aberta" (ou seja, sem razão conhecida pela pessoa), é bastante desconfortável para o psiquismo, de forma que a nossa parte inconsciente se utiliza de um MECANISMO DE DEFESA ao transformar a ansiedade pura em um MEDO, pois assim, a ansiedade só irá se manifestar na presença do agente que desencadeia esse medo.

A sua CLAUSTROFOBIA provavelmente tem origem nesse tipo de mecanismo e, é claro, ligada a alguma situação de vida em que você se viu presa em algum lugar ou mesmo em uma posição existencial "sem saída".

O claustrofóbico, aquele que tem medo de lugares apertados, muitas vezes está vivendo uma situação de vida em que se percebe "preso", insatisfeito, sequestrado por algo ou alguém e transfere este sentimento para uma situação real em que estará mesmo em um lugar fechado, como um elevador, por exemplo.

Já que só a terapia não está resolvendo,  o melhor seria você procurar um psiquiatra psicoterapeuta.

Atenção!
Este texto não substitui uma consulta ou acompanhamento de um médico psiquiatra e não se caracteriza como sendo um atendimento.
 

 


Psiquiatra e psicoterapeuta. Obteve Titulo de Mestre em Psicologia Clínica pela PUC-SP e o de Doutor em Ciências Médicas pela Faculdade de Medicina na USP. Escreveu os seguintes livros sobre relacionamento amoroso: Casamento missão (quase) impossível; Ciúme: O medo da perda; Ciúme: O lado amargo do amor Mais informações: www.ferreira-santos.med.br


Vya Estelar Responde

Vya Estelar quer colocar você, querido leitor(a), ainda mais pertinho de nós. O psiquiatra e psicoterapeuta Eduardo Ferreira Santos responderá perguntas enviadas por você sobre conflitos emocionais e existenciais; sobre transtornos psíquicos ou problemas de ordem psicológica. Os e-mails serão selecionados e publicados de acordo com critério editorial do Vya Estelar. Seu nome e e-mail não serão divulgados.


O que você achou do novo Vya Estelar?