imagem de capa

Vya Estelar Responde

Fala Leitor

Mesmo tendo enfrentado um grave problema de saúde há muito tempo, ainda sinto vontade de chorar

Qual pode ser a causa? Como tratá-la?

por Eduardo Ferreira Santos

Depoimento de um leitor  

“Há dez anos atrás, sofri um AVC. De lá para cá, sinto vontade de chorar, até quando vejo televisão em programa de humor. Desejo saber qual a causa disso e como tratá-la. Obrigado pela atenção.”

Resposta: Sofrer um AVC pode ser para muitas pessoas um evento traumático gerando, portanto, um quadro conhecido como Transtorno do Estresse Pós-Traumático, cuja principal característica é uma instabilidade do Estado de Humor.

No entanto, antes de se considerar o que você está passando como um Transtorno Psiquiátrico, seria muito bem-vinda uma avaliação neurológica sobre possíveis sequelas deixadas pelo AVC.

De qualquer forma, é importante que você procure esclarecer esse fenômeno que o está acometendo consultando primeiro um neurologista e, se for o caso, procurar um psiquiatra/psicoterapeuta que poderá avaliar com mais precisão se há ou não um quadro de depressão gerando um distúrbio emocional, afetando sua sensibilidade.

Atenção!
Este texto não substitui uma consulta ou acompanhamento de um médico psiquiatra e não se caracteriza como sendo um atendimento.

 


Psiquiatra e psicoterapeuta. Obteve Titulo de Mestre em Psicologia Clínica pela PUC-SP e o de Doutor em Ciências Médicas pela Faculdade de Medicina na USP. Escreveu os seguintes livros sobre relacionamento amoroso: Casamento missão (quase) impossível; Ciúme: O medo da perda; Ciúme: O lado amargo do amor Mais informações: www.ferreira-santos.med.br


Vya Estelar Responde

Vya Estelar quer colocar você, querido leitor(a), ainda mais pertinho de nós. O psiquiatra e psicoterapeuta Eduardo Ferreira Santos responderá perguntas enviadas por você sobre conflitos emocionais e existenciais; sobre transtornos psíquicos ou problemas de ordem psicológica. Os e-mails serão selecionados e publicados de acordo com critério editorial do Vya Estelar. Seu nome e e-mail não serão divulgados.


O que você achou do novo Vya Estelar?