imagem de capa

Comportamento

Família

Por que pais devem acompanhar seus filhos adolescentes no uso das redes sociais

Adolescentes são bastante movidos pela força do grupo

Por Blenda de Oliveira  

Estava assistindo a uma entrevista com psicólogos e sociólogos sobre redes sociais. Um assunto que já tem cansado um pouco.

As conclusões são as mesmas e há uma tendência à criminalizar o uso.  A coisa que mais se ouve é que se posta felicidade ou sucessos ou fotos que dão uma ideia apenas que a vida daquela pessoa é in-crí-vel.

Não parece esperado que se queira mostrar o bom? E se não for? Muita gente inventa. Desde quando pessoas não inventam, escondem, deformam, distorcem e vendem imagens absolutamente irreais?

Todos nós escondemos, selecionamos e não entregamos inúmeros aspectos. Desde sempre!

Por isso, pais devem acompanhar seus filhos adolescentes no uso das redes sociais. Esses não possuem ainda maturidade para se dar conta de que aquilo que parece quase sempre não é. São bastante movidos pela força do grupo.

E os adultos? Bom, esses poderiam ter aprendido que seres humanos disfarçam suas tristezas e, muitas vezes, suas alegrias. Nenhuma novidade nisso!

 


Doutora em psicologia clínica pela PUC-SP. Psicanalista pela Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo (SBPSP). Psicoterapeuta de adultos, adolescentes, crianças, famílias e casais. Atuante como Life Coaching em diversas áreas, utilizando essa metodologia para colaborar nos processos de sucessão familiar nas empresas.

O que você achou do novo Vya Estelar?