imagem de capa

Autoconhecimento

Minhas Atitudes

A inveja é comunicada de muitas formas

É importante identificar a inveja, mas não se ater nela

Por Blenda de Oliveira

O mal e a inveja quase sempre moram ao lado e calçam o mesmo número do seu sapato. É da boca dos que parecem amigos que pode sair a inveja.

A inveja é comunicada de muitas formas. Por exemplo: brincadeiras, pequenas provocações e observações irônicas.  

É importante identificar a inveja, mas não se ater nela.

O melhor jeito de lidar com o invejoso, é deixando-o entregue à sua mediocridade, aos seus ressentimentos, desespero e incompetência para realizar alguma coisa.

Por isso, o silêncio e a não atenção à inveja podem deixar o invejoso entregue à própria miséria.

Joseph Brodsky diz: “Sobre o bem você deve falar com cuidado e com poucas pessoas, porque a chance é sempre maior de que muitas pessoas sejam invejosas.”

Não preste atenção à inveja. Identifique e a ignore.

Caso contrário, a peçonha do invejoso pode contaminá-lo, gerando incômodos emocionais. Cuide da sua vida, trate-a bem e siga em frente.


Doutora em psicologia clínica pela PUC-SP. Psicanalista pela Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo (SBPSP). Psicoterapeuta de adultos, adolescentes, crianças, famílias e casais. Atuante como Life Coaching em diversas áreas, utilizando essa metodologia para colaborar nos processos de sucessão familiar nas empresas.

O que você achou do novo Vya Estelar?