imagem de capa

Vya Estelar Responde

Fala Leitor

Será que você ama muito e não sabe?

O que é amar de verdade?

05 jan, 2019

“Amo como ama o amor. Não conheço nenhuma outra razão para amar senão amar. Que queres que te diga, além de que te amo, se o que quero dizer-te é que te amo?”
Fernando Pessoa

Por Ângelo Medina

Amar é seguir NATURALMENTE o fluxo conduzido pelo próprio amor. O amor é uma “atividade autotélica”, ou seja, o ato de amar está no próprio amar e não existe nada além do “objetivo” de amar.  E como diz o velho  clichê, ele é incondicional. Mas também devocional, paciente e você se doa integralmente sem se exaurir...

“Amor rima com dor”. Isso não é só rima pobre de música de fossa. Na vida real dói sim. No amor não há idealização. Você conhece a luz e a sombra do seu par e as brigas e desentendimentos existirão... o amor também  precisa disso... mas isso pode ser assunto para um outro post. Claro que brigas não podem ser todo dia e muito frequentes...

Puro mito

O mito do amor romântico difundido pela sociedade passa a imagem de uma enorme felicidade e uma perfeita sintonia do casal em todos os aspectos da relação: isso é uma bobagem. Não somos perfeitos e o amor sobrevive também daquela pequena pitada de carência.     

O amor não é tudo isso, mas, paradoxalmente, é muito mais do que isso... 

O amor é:

- amizade
- respeito
- cumplicidade
- empatia,
- visão (percepção!) “ilimitada” do mundo interno do seu parceiro
- APOIO, solidariedade, generosidade
- GRATIDÃO...

E muitos outros comportamentos que vierem à sua mente ou do seu coração...

Muito mais do que dizer “eu te amo”. Amar é simplesmente sentir, mesmo sem perceber...     


Ângelo Medina é editor-chefe do portal Vya Estelar. É jornalista e ghost writer. Com 30 anos de experiência, iniciou sua carreira na cobertura das eleições à Prefeitura de São Paulo em 1988 (Jornal da Cultura). Trabalhou no Caderno 2 - O Estado de São Paulo, Revista Quatro Rodas (Abril). Colaborou em diversas publicações e foi assessor de imprensa no setor público e privado. Concebeu o site Vya Estelar em 1999. É formado em Comunicação Social pela UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora.


Vya Estelar Responde



O que você achou do novo Vya Estelar?