imagem de capa

Vya Estelar Responde

Fala Leitor

Sofrimento e alegria podem andar de mãos dadas

"A alegria está na luta, na tentativa, no sofrimento envolvido e não na vitória propriamente dita." Mahatma Gandhi

22 jan, 2019

Por Ângelo Medina

A impermanência, o imponderável, o destino, às vezes, nos trazem um grave acontecimento a nos causar uma dor incomensurável.     

Diante dessa situação você pode decidir entre lutar, fugir ou deixar a peteca cair...

Para quem decide lutar, vem junto aquela gana para que a situação caótica seja, logo, superada pela vitória.

Diante de um tsunami desses, essa vitória não acontece da noite para o dia, costuma vir em médio ou longo prazo.

Autocura

Sentir pode ser sinônimo de cura. Nesse sentido, a alegria mencionada na frase acima por Ghandi, está na luta e não na vitória.

Superar eventos trágicos exige uma reconstrução de nós e, consequentemente, da própria vida para um novo ciclo. É desse aprendizado e reconstrução que brotará uma semente de alegria -- contida, mas possível --, de fazer cada minuto do seu dia que se inicia, especial, dando o melhor de si, com paciência, para deixar o que está velho morrer com dignidade e buscar atitudes positivas (construtivas) para obter a vitória em todos os aspectos de sua nova vida.

A palavra tentativa mencionada por Ghandi, não pode ser desprezada, podemos tropeçar e cair por diversas vezes. Neste momento, é preciso ter paciência consigo mesmo (chore se precisar...), procure a calma (moderação) através da sua força interior, e depois de se aquietar... retorne aos seu afazeres.  

Uma técnica eficaz para se aquietar, é simplesmente prestar atenção à sua respiração e, sem alterá-la, pensar *“So” ao expirar e “Ham” ao inspirar”.     

Neste exato momento acontece uma vida em você e em seu entorno, foque em tudo o que for positivo e bom neste momento. Tenha uma atenção plena no momento presente, em cada ação que estiver fazendo.

Um dia de cada vez. Cada dia mais fácil. Hoje mais fácil do que ontem.       

* So Ham significa Eu sou uno ao Ser interior.


Ângelo Medina é editor-chefe do portal Vya Estelar. É jornalista e ghost writer. Com 30 anos de experiência, iniciou sua carreira na cobertura das eleições à Prefeitura de São Paulo em 1988 (Jornal da Cultura). Trabalhou no Caderno 2 - O Estado de São Paulo, Revista Quatro Rodas (Abril). Colaborou em diversas publicações e foi assessor de imprensa no setor público e privado. Concebeu o site Vya Estelar em 1999. É formado em Comunicação Social pela UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora.

O que você achou do novo Vya Estelar?