imagem de capa

Comportamento

Amor

Como me sentir mais seguro no meu relacionamento?

Seis dicas para poder lidar com a insegurança no relacionamento

Por Eduardo Yabusaki

Inseguranças fazem parte da nossa vida e às vezes são importantes em favor de nossa proteção. Entretanto, temos que diferenciar o quanto elas são fundamentadas, ou seja, fazem sentido ou não. Muitas vezes acabamos desenvolvendo inseguranças em enfrentar determinadas situações por dificuldades pessoais, e que acabam não fazendo muito sentido.

No relacionamento não é diferente, inseguranças podem acontecer, mas é importante que possamos avaliar alguns pontos, para que não venha tornar-se um problema maior para a convivência. Abaixo seis dicas para poder lidar com a sua inegurança.

1ª) Avalie a origem da insegurança

Devemos avaliar se as inseguranças que sinto em relação ao outro são pertinentes ao próprio relacionamento ou por receios pessoais. Ou seja, se está de fato acontecendo algo entre ambos ou se é só uma fase em que me sinto menos prestigiado e isso era insegurança.

2ª) Estabeleça um bom diálogo

Se for a primeira situação em que haja algum tipo de problema no relacionamento, não se pode deixar questões mal resolvidas. É preciso que se estabeleça uma boa comunicação. Este é o caminho para a resolução de tudo dentro da convivência a dois.

3ª) Procure resolver suas questões pessoais

Caso se caracterize que você está de alguma forma se sentindo inferiorizado, ou mesmo em conflitos pessoais e, por consequência, trazendo dúvidas quanto ao relacionamento, procure resolver estas questões pessoais antes de qualquer questionamento no relacionamento. Se ainda assim persistir sua insegurança, não tema em falar com seu parceiro (a) sobre isso. Talvez juntos possam encontrar formas de enfrentar essa dificuldade.

4ª) Inseguro contumaz

Pode acontecer de ser um inseguro contumaz, se for o caso, cuide-se para que isso não venha a destruir os laços de confiança e respeito entre ambos. Este sentimento pode tornar a pessoa insuportável ou pegajosa. Em se tratando de um relacionamento de seriedade, não cabe tais condições.

5ª) Formas de lidar com a insegurança

Existem diferentes formas de cuidar da sua insegurança, desde um processo de psicoterapia para um maior autoconhecimento e melhora de sua autoestima e autoconfiança, bem como cursos ou workshops de autodesenvolvimento e orientação para relações interpessoais. Controlar ou cuidar de sua insegurança é importante para que não venha a torna-se um monstro em sua vida.

6ª)  Reconheça e aja

O que não se pode fazer é reconhecer-se inseguro e nada fazer, por achar que não interferirá em sua vida ou no relacionamento a dois.

Não fuja ou refute que esta pode ser uma característica sua, e que mesmo sendo difícil, é possível melhorar e sentir-se mais seguro, tranquilo e sereno em relação ao seu par. Dessa forma poder curtir, se divertir, amar e ser amado com intensidade. Viva, ame e seja feliz sempre!


Eduardo Yabusaki - Psicólogo e Sexólogo Especializado em Terapia Comportamental Cognitiva, Terapia de Casal e Terapia Sexual. Coordenador do Curso de Sexologia Clínica ministrado em diferentes cidades há mais de 15 anos. Docente convidado do Curso de Fromação em Sexologia Clínica de BH. Responsável pelo www.vidadecasalbh.com.br
event 03 maio, 2019

O que você achou do novo Vya Estelar?