imagem de capa

Equilibre-se

Espiritualidade

Escolha viver!

Não se anestesie, não se retire do mundo

28 jun, 2019

Por Patrícia Gebrim  

Quando estou centrada em quem de verdade sou, fico sensível. Sinto tudo com mais intensidade. Sinto a ternura da beleza de ver duas pessoas se abraçando, sinto meu coração ficar grande ao ouvir uma música daquelas que chegam à alma... Mas sinto mais dor também. Sinto dor ao me dar conta da separatividade que ainda vivemos, ao presenciar atos de desamor, ao ver crianças ou animais sofrendo.

Dói muito mesmo, sabem? É inevitável.

Tem gente que, para evitar a dor, se anestesia. É verdade... Passam a sentir menos dor...
E menos alegria, e menos tudo, até que já nada sentem, se transformam em robôs. É triste.

Respiro fundo e peço que minhas palavras cheguem a você, agora mesmo.

Ouça...

ESCOLHA VIVER! Com tudo o que isso implica. O planeta precisa de você vivo/a. Eu preciso de você vivo/a. Estamos no caminho de nos elevarmos para além dessa dualidade, além da "dor X prazer". Mas precisamos fazer isso JUNTOS. Juntos somos mais poderosos. Não se anestesie, não se retire do mundo.

Abra seu coração, mesmo que isso signifique sentir a dor por tudo que ainda não está curado em nosso planeta.  Seja corajoso/a. Sinta seu coração se partindo, se necessário.

Pois a luz vem de dentro de nossos corações. Quando nosso coração se parte, fica exposto. E do meio dessa vulnerabilidade, do centro dessa ferida, do nosso peito aberto, vem essa força imensa que varre todo o planeta numa onda de cura. Essa força se chama AMOR. E existe agora mesmo dentro de você.

Liberte-a. Ouse sentir.


É Psicóloga Clínica, atua numa abordagem transpessoal. Seu trabalho é direcionado a favorecer o autoconhecimento e a transformação das crenças limitadoras que nos mantêm aprisionados a padrões repetitivos de escolhas. É escritora, publicou 'Gente que mora dentro da gente' e o best-seller 'Palavra de Criança' pela editora Pensamento

Existe reciprocidade no seu relacionamento amoroso?