imagem de capa

Astrologia

Signos

Signo do mês: o Sol está em Leão

O que dizem os signos

13 ago, 2019

Um signo não existe sozinho, mas sim sempre associado no céu ao caminho por onde passam Sol, a Lua e os planetas que ali transitam. A isso se liga o tempo – ou época em que cada um deles toca os signos, conferindo uma teia de significados humanos associados a cada ocasião. Leão é o signo que o Sol percorre nesta época do ano – entre julho e agosto, representando um momento de valorizar as iniciativas pessoais, a criatividade e celebrar o amor à vida. 

Na esfera simbólica

Leão como símbolo representa o domínio, a imponência, o poder soberano, majestoso e emblemático, que aparece em selos e brasões. Ilustra a honra, altivez, magnanimidade e o poder pessoal, conferido por prerrogativas de reconhecimento especial. A própria figura do Leão nos remete ao “rei da floresta”, aquele que marca seu domínio através do seu valor pessoal.

Na esfera social

O signo de Leão prima principalmente pela criatividade e, por isso, está ligado às artes de um modo geral. É comum ao leonino ter uma veia artística, mesmo que de modo amador, pra colocar em prática seu talento. A expansividade e alegria conferem a ele o amor pela vida e o papel de proporcionar a si e aos outros o prazer e a satisfação do viver. Leoninos irradiam uma força pessoal e um astral contagiantes, sendo excelentes hosts no comando de situações públicas pois se sentem bem como o centro das atenções. São ótimos artistas, anfitriões ou simplesmente pessoas muito criativas.

Na esfera pessoal

Assim como o Sol, seu regente, os leoninos possuem uma natureza vibrante, sendo apaixonados pela vida. Irradiam brilho e calor humano, o que atrai os outros em torno de si. Fazem as coisas por amor e com prazer, animando as outras pessoas. Isso eles adoram pois, assim como o Sol, reinam e brilham para os outros, para serem apreciados. Amam o belo e curtem de modo sagrado todas as coisas boas da vida – diversão, namoro, festa, arte. Sabem se auto-valorizar mostrando-se merecedores das coisas, levando os outros a reconhecerem seu valor. Conseguem se gratificar nas coisas mais simples da vida, pois isso não depende apenas dos fatos mas da condição interna pessoal. Não podemos dizer que todos os leoninos reagem assim, porque isso depende dos ângulos que Sol natal recebe, mas esta é a tendência do signo, é a chama que todo leonino carrega no seu coração – órgão regido pelo signo – mesmo em épocas em que ela não brilha assim tão intensamente. Vamos combinar aqui que a vida tem momentos difíceis pra todo mundo, mas o que importa é a forma de encarar isso, sendo que o leonino mostra sempre mais disposição e muita positividade pra levar o dia a dia de forma contente. É sua vocação tirar o melhor de tudo na vida - e este é um ensinamento para todos nós da época de Leão.

Simbologia do Signo de Leão


RegenteSol

Período: 23/07 a 22/08

Elemento: Fogo

No corpo humano Leão rege: o coração

Palavras-chave: identidade, centro, ego, autoconfiança, força, vida, alegria, amor, prazer, arte, nobreza

Símbolos: a juba do leão, símbolo de sua imponência, e a coroa

Cores: amarelo, dourado, laranja e vermelho

Pedras: diamante, topázio, rubi, olho-de-gato transparente (amarelo-ouro)

Perfume: olibanum, sândalo

Metalouro amarelo

Flores: girassol, narciso, lírio amarelo, bem-me-quer, heliotrópio, margarida

Ervas: alecrim (revigorante), erva-doce, camomila, eufrásia

Aromaterapia: sândalo (sensualidade, atração), melissa (estimulante), violeta (afrodisíaco, auto-confiança), benzoim (energizante)

Relacionamento: mais fluente com Áries e Sagitário, Gêmeos e Libra

Leão no céu: a constelação brilha tanto quanto o signo: Régulos, sua estrela principal, representa o coração do Leão, e quer dizer “reizinho”, sendo na verdade uma estrela tripla (três sóis)

Leoninos famosos: Elba Ramalho, Caetano Veloso, Mick Jagger, Madonna, Rodrigo Santoro, Ed Motta, Rainha Elizabeth, Daniela Mercury, Bill Clinton, Jennifer Lopez, Sandra Bullock, Antônio Banderas,Robert Redford, Barack Obama



Angela Nunes é Psicóloga, formada pela UFRJ com Mestrado em Psicologia Social na Fundação Getúlio Vargas.  É também Astróloga, membro do SINARJ, com formação na escola de Astrologia Espaço do Céu (2009), de Celisa Beranger.  Foi colunista de Astrologia no jornal Acheiusa.com por mais de 10 anos.  Escreve sobre Astrologia para os sites do SINARJ desde 2015, seguindo atualmente como colaboradora da instituição.

Existe reciprocidade no seu relacionamento amoroso?