imagem de capa

Vya Estelar Responde

Fala Leitor

Minha filha não me respeita. O que faço?

Sem cobranças: buscar um diálogo tranquilo é um bom caminho

27 ago, 2019

E-mail enviado por uma leitora:

“Não sei como fazer minha filha me respeitar, ela diz coisas que me machucam. Pago a faculdade dela. Ela não trabalha, é como se fosse uma obrigação minha. As notas estão péssimas. O que fazer?”

Resposta: Na verdade o respeito não vem de brigas e nem de cobranças.

Você já tentou conversar com a sua filha para saber o que esta acontecendo com ela?

Ela mudou o comportamento de repente?

Ela está feliz na faculdade ou preferia estar cursando um curso técnico? Ou então, cursar outra faculdade. Se as notas estão péssimas é porque ela provavelmente não esta gostando do curso. Tem algum trabalho que ela gosta?

Muitas vezes nessa correria esquecemos de parar e olhar os filhos para saber o que eles estão pensando ou querendo fazer da própria vida. Se ela não estiver contente, pode trancar um semestre e trabalhar no que gosta.

Atenção!
Este texto não substitui uma consulta ou acompanhamento de uma psicopedagoga e não se caracteriza como sendo um atendimento.


Betina Serson é graduada em Pedagogia com pós-graduação em Psicopedagogia e Mestrado em Early Childhood Education nos Estados Unidos. Trabalhou por vários anos em escolas de educação infantil Americanas. De volta ao Brasil trabalha com psicopedagogia clinica, capacitações para profissionais, colunista na área de desenvolvimento infantil e palestrante.


Vya Estelar Responde

Vya Estelar quer colocar você, querido leitor(a), ainda mais pertinho de nós. A psicopedagoga Betina Serson responderá perguntas enviadas por você sobre como educar, se relacionar e lidar com os problemas emocionais dos seus filhos. Os e-mails serão selecionados e publicados de acordo com critério editorial do Vya Estelar. Seu nome e e-mail não serão divulgados.


Existe reciprocidade no seu relacionamento amoroso?