imagem de capa

Comportamento

Amor

O que faz um casamento ruim durar?

Terminar um casamento é quase sempre uma questão dolorosa

“Não vás onde não te gosta e não fiques onde não te querem.”

Um dito caseiro de grande repercussão. Um conselho para que ninguém fique numa relação onde for meramente tolerado. Alguns casais vivem assim, esperando a ressurreição do amor.  

Terminar um casamento é quase sempre uma questão dolorosa e por isso é compreensível o porquê de tantos casais não querer deixar o companheiro ou companheira ir embora. Nossa vida afetiva, às vezes, aceita metade do pão, melhor que não ter pão nenhum. Mas será que uma pessoa merece apenas pedacinhos de afeto? Seria suficiente para manter a vida emocional com algum grau de satisfação?

Medos individuais e profundos

Se um dos cônjuges quer sair, deixar o casamento e não pretende tentar reorganizar em outros termos, vale ficar por piedade, medo, dinheiro, culpa? Que tipo de união se estabelece assim? Algumas relações conjugais de baixa qualidade sobrevivem, possivelmente, pelos medos individuais e profundos.


Doutora em psicologia clínica pela PUC-SP. Psicanalista pela Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo (SBPSP). Psicoterapeuta de adultos, adolescentes, crianças, famílias e casais. Atuante como Life Coaching em diversas áreas, utilizando essa metodologia para colaborar nos processos de sucessão familiar nas empresas.

Existe reciprocidade no seu relacionamento amoroso?