imagem de capa

Saúde e Bem-estar

Alimentação

Carvão vegetal ativado: poderoso detox que remove impurezas do organismo

O carvão ativado é ingerido em cápsulas

O carvão ativado, um pó fino, preto e sem odor, é uma forma especial de carbono que pode ligar outras substâncias à sua superfície, um processo conhecido como adsorção. Por isso ele é usado para filtração de água, e também para remover drogas e toxinas no corpo humano. O processo de produção de carvão ativado o torna extremamente adsorvente, permitindo que se ligue com átomos, moléculas ou íons. Sua propriedade de adsorção de toxinas tem uma ampla gama de usos medicinais e cosméticos. O corpo é incapaz de absorver o carvão, e assim as toxinas ligadas ao carvão são eliminadas nas fezes.

Características

Carvão ativado não é a mesma substância encontrada em pedaços de carvão usados na churrasqueira ou em fornalhas. A obtenção de carvão ativado envolve o aquecimento em altas temperaturas de materiais ricos em carbono, como madeira, turfa, casca de coco ou serragem. Este processo de 'ativação' elimina do carvão as impurezas, e ao mesmo tempo reduz o tamanho dos poros e forma muitos buracos e fendas nas partículas de carvão, o que aumenta consideravelmente a sua superfície e sítios de ligação disponíveis. Como resultado, uma colher de chá cheia de carvão ativado tem mais área de superfície do que um campo de futebol!

Possíveis usos

O carvão ativado é aprovado para o tratamento de overdoses e envenenamentos nas salas de emergência em hospitais. Por suas poderosas propriedades de limpeza de toxinas, o carvão ativado tem sido usado para tratar uma lista crescente de condições. Não há estudos em grande escala suficientemente conclusivos para estabelecer os benefícios do carvão ativado, no entanto, há usos com algumas evidências: problemas renais, gases intestinais, diarreia, infecções cutâneas e cuidados com a pele, ação desodorante e filtração de água. Usos não comprovados são redução de colesterol, prevenção de ressaca, problemas de vesícula e ação detox geral.

Doença renal

Carvão ativado ajuda a função renal porque filtra drogas e toxinas não digeridas. Ele parece ser especialmente eficaz na remoção de toxinas derivadas de ureia, o principal subproduto da digestão de proteínas. É necessária mais investigação, mas alguns estudos mostram que o carvão ativado pode ajudar a melhorar a função renal e reduzir danos gastrointestinais e inflamação em pacientes com doença renal crônica.

Gases intestinais

Carvão ativado é capaz de reduzir a produção de gás intestinal, embora ainda não se saiba o mecanismo exato. Líquidos e gases presos no intestino podem facilmente entrar nos milhões de pequenos buracos no carvão ativado, e este processo pode neutralizá-los. A pesquisa ainda é limitada, mas um painel da Autoridade Europeia para a Segurança dos Alimentos constata que existem provas suficientes apoiando o uso de carvão ativado para reduzir o acúmulo excessivo de gás.

Diarreia

Em estudos recentes sobre o uso de carvão ativado para tratar a diarreia, os investigadores concluíram que ele seria capaz de neutralizar bactérias e drogas que podem causar o desarranjo intestinal, aprisionando-os em sua superfície porosa e eliminando-os do organismo. E o melhor, sem os efeitos adversos em comparação com medicamentos antidiarreicos comuns. Diarreia pode estar presente em uma infinidade de condições, como quimioterapia, câncer colorretal e pancreático, infecção bacteriana e síndrome do intestino irritável, fazendo do carvão ativado uma potencial terapia nestas situações.

Pele

Apesar de não comprovado cientificamente, o carvão ativado pode ter um efeito antibacteriano adsorvendo micróbios nocivos das feridas, sendo usado para tratar infecções de pele. O carvão também pode ajudar na limpeza da pele íntegra ou acneica, capturando micropartículas como sujeira, poeira, substâncias químicas, toxinas e bactérias. O carvão ativado consegue absorver odores e gases nocivos, tornando-o um desodorante eficaz para axilas, sapatos e geladeira. Ele ainda é capaz de absorver e controlar o excesso de umidade.

Filtração de água

Há muito se utiliza o carvão ativado como um filtro de água natural. Exatamente como faz no intestino e no estômago, o carvão ativado pode adsorver uma gama de impurezas, toxinas, drogas, vírus, bactérias, fungos e substâncias químicas encontradas na água. O carvão é usado em filtros caseiros e também em centros de tratamento de resíduos como parte do processo de filtração. Um estudo de 2015 mostrou que sistemas de filtragem de água usado carvão ativado removem 100% do flúor.

Cuidados

Carvão ativado pode interferir com a absorção de nutrientes, vitaminas e outros suplementos. Ele também pode atrapalhar a absorção de medicamentos, reduzindo a eficácia do tratamento. O carvão ativado deve ser tomado duas horas antes das refeições e do uso de medicamentos.  Como o carvão tem a capacidade de absorver água, é importante se hidratar bem durante o seu uso.

Efeitos adversos e contraindicações

Não foram observadas reações negativas sérias com carvão ativado em pó ou comprimidos, desde que usado nas doses recomendadas. Efeitos colaterais podem incluir constipação e fezes pretas. Pessoas que tomam medicamentos devem falar com seu médico antes de usar carvão ativado porque ele pode interferir com a absorção da medicação. Se houver certas condições médicas, como sangramento intestinal, bloqueio intestinal, diverticulite, desidratação crônica, digestão lenta ou cirurgia abdominal recente, seu uso é contraindicado. Nunca faça automedicação.

Referências:

*Polymers (Basel) 2019. Massaranduba Sawdust: A Potential Source of Charcoal & Activated Carbon.

*Dtsch Arztebl International 2019. The Use of Activated Charcoal to Treat Intoxications.

* https://www.poison.org/articles/2015-mar/activated-charcoal

*StatPearls 2018. Activated Charcoal.

*Food & Chemical Toxicology 2014. The effect of activated charcoal on adenine-induced chronic renal failure in rats.

*Current Medical Research & Opinion  2018. Is there a role for charcoal in palliative diarrhea management?

*Journal of Dentistry 2015. The Effectiveness of Home Water Purification Systems on the Amount of Fluoride in Drinking Water


Médica especializada em Nutrologia. Membro da ABRAN – Associação Brasileira de Nutrologia. Pós-graduada em Terapia Ortomolecular, Nutrição Celular e Longevidade – FACIS-IBEHE Faculdade de Ciências da Saúde de São Paulo e Centro de Ensino Superior de Homeopatia. Membro Titular da Sociedade Médica Brasileira de Intradermoterapia. Consultora com atuação em Nutrologia e Medicina Ortomolecular. CRM 52 301716 www.tamaramazaracki.med.br

Existe reciprocidade no seu relacionamento amoroso?