imagem de capa

Equilibre-se

Espiritualidade

Como me livrar da infelicidade?

Nós experimentamos sofrimento quando permitimos que algum pensamento negativo se manifeste

Como podemos eliminar o sofrimento e a infelicidade?

A resposta da Filosofia do Yoga é: eliminando o ego negativo e desenvolvendo o ego positivo.

O ego negativo ou impróprio tem a noção de ser uma pessoa indigna, impura. Tem fome pelo poder, ambição, desejo, arrogância, raiva, cobiça e muitos outros defeitos. O ego se sente ofendido e insultado. Ele faz diferenças e comparações. E, se opõe, reage e discute.

Ego nos leva a ter sofrimentos imaginários 

O ego toma a forma de pensamentos ruins, tristes, pesados e nos faz imaginar até desastres e sofrimento imaginários.

Ele cria a mente negativa com todas suas aflições, medo e angústias. Essa mente pensa e duvida o tempo todo. Pensa mal de si mesma, se diminui, se critica e vê defeitos em si e nos outros.

A mente é fascinada em se preocupar, em se concentrar em problemas e obstáculos e assim apenas os intensifica. Cria problemas inexistentes e sofrimento para si mesma.

Nós experimentamos sofrimento quando permitimos que algum pensamento negativo se manifeste. Enquanto estivermos afetados pelo elogio ou ofensa, somos manipulados pelo ego.

Com a mente em um turbilhão de pensamentos, sentimos ansiedade, dor depressão e pânico. Quando ficamos livres do ego negativo, nossa mente experimenta alegria, igualdade e felicidade.

Temos que ensinar a mente a pensar corretamente e a valorizar o que fazemos e não apenas julgar e criticar. Precisamos aprender a controlar a mente e nos elevar do ego negativo e de todo esse lixo mental.

Como adquirir o autodomínio 

Para adquirir esse autodomínio é necessária a disciplina e a observação da mente. Primeiro, identificar os pensamentos negativos assim que surgem e, cortá-los, imediatamente, substituindo-os por pensamentos opostos e positivos. Isso requer vontade interior, autoesforço com disciplina por um longo período de tempo. Mas, vale a pena se esforçar para ser livre e feliz.

Temos que criar o hábito de pensar positivamente e parar de gerar dor, culpa, criticas e sofrimento desnecessários para nós mesmos. Descobrir nossas boas qualidades e ver o lado positivo dos acontecimentos.

Precisamos entender a lei do karma, de causa e efeito, pois o ego não acredita na lei de ação e reação. Ele culpa a tudo e a todos. Não vê as coisas em termo do karma, e assim, não entende que sem karma não há razão para estarmos aqui na Terra. Ele não acredita que cada indivíduo experimenta seu próprio karma que ele criou nessa vida ou em outras.

É essencial aprender a não se afetado pelo ego e pelo ego dos outros. Não se compare com ninguém. Recuse-se a aceitar as opiniões negativas dos outros. Não tente provar aos outros que está certo. Seja autêntico.

A meta da espiritualidade é purificar o ego impróprio e transformá-lo em um ego positivo ou próprio que possa nos conectar com nosso Ser interior, nossa verdadeira essência, fonte de toda sabedoria, amor e luz.

Viveremos bem mais felizes se não permitirmos que nossas mentes sejam influenciadas pelo negativismo e limitações do mundo ao nosso redor.

Namaste! Deus em mim saúda e agradece Deus em você.


É formada em Yoga pela Federação de Yoga do Brasil e Centro de Estudos de Yoga Narayana/SP com cursos de aperfeiçoamento em Hatha Yoga e Meditação nos Estados Unidos.  Foi Professora de Hatha Yoga por 26 anos em Santos/SP. Atualmente ensina Filosofia do Yoga e Meditação.

Existe reciprocidade no seu relacionamento amoroso?