imagem de capa

Comportamento

Família

Como ajudar meu ex-marido a educar nossa filha que mora com ele?

Ela é muito jovem para decidir a que horas chegar em casa

por Blenda de Oliveira

"Minha filha tem 14 anos e decidiu morar com o pai. Ela não quer saber de mim, pois afirma que a prendo e não a deixo fazer o que quer, mas que o pai entende e confia. O que mais me preocupa é por que ela está namorando e chega a hora que quer. Ou seja, duas horas da manhã. Estou aflita com essa situação, preciso de ajuda."

Resposta: Agora a responsabilidade maior do cuidado com sua filha é do pai. Entretanto, isso não quer dizer que você não possa alinhar com ele alguns pontos.

Sugiro que converse com o pai, expondo para ele suas preocupações.

Juntos, talvez, possam acordar situações.

É interessante que sua filha perceba que há diferenças entre vocês, mas, também, há convergências de opiniões no que diz respeito a cuidar de uma jovem de 14 anos. Ela precisa ter uma rotina clara, bem definida e ser cuidada. É muito jovem para decidir como, onde é que horas deve chegar em casa.

Um outro ponto seria, após conversar com seu ex-marido, tendo alinhado alguns combinados. Vocês juntos comuniquem a ela o que decidiram, mas essa conversa precisa, realmente, ter uma real concordância entre vocês. Não vale a pena conversar com ela e deixar brechas para você e o pai entrarem em discussão. A conversa precisa ser muito clara e objetiva.


Doutora em psicologia clínica pela PUC-SP. Psicanalista pela Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo (SBPSP). Psicoterapeuta de adultos, adolescentes, crianças, famílias e casais. Atuante como Life Coaching em diversas áreas, utilizando essa metodologia para colaborar nos processos de sucessão familiar nas empresas.

O que você achou do novo Vya Estelar?