imagem de capa

Comportamento

Família

Como contar ao filhinho que os pais pretendem se separar?

Quem se separa é o casal, não os pais

por Blenda de Oliveira

"Estou me separando de meu marido, após 15 anos de uma relação conturbada. Já estou sofrendo muito e temos um filho de 7 anos. Ele ainda não sabe e não sei como agir. Perdi o chão, mas sei que preciso ser forte." 

Resposta: Talvez a parte mais dolorosa você já tenha cumprido: decidir terminar uma relação que já não traz benefícios para ninguém, com certeza.

Agora contar para seu filho não é um momento menos triste, mas de acordo com sua certeza que esse é o melhor caminho, poderá ajudá-lo muito.

Passo-a-passo de como contar ao filhinho:

1º) Com tranquilidade e em um momento que tenha tempo para deixar que seu filho explore as perguntas que queira, conte para ele que você e o pai já não estão felizes juntos e que decidiram viver separados.

2º) É importante ressaltar que continuarão sendo pai e mãe de seu filho e que você (seria bom incluir seu marido aqui, mas depende do que vocês combinarem e se você terá confiança que ele será um pai presente) está tomando a melhor decisão, mas que ele (seu filho) fique tranquilo, que nada faltará a ele e que você estará sempre presente.

3º) De preferência, seria interessante que seu marido estivesse junto e de acordo com o que você vai dizer para que não traga mais angústia para seu filho. Qualquer separação, por maior que seja, o consenso entre o casal é um processo de lenta digestão para as crianças, por isso deve-se frisar:

- Os pais serão sempre pais e amam o filho independente de estarem em casas separadas

- O filho não é a razão da separação, este é um assunto de adultos. Os adultos não se amam para estarem juntos e cada um vai buscar sua felicidade.

- Os adultos continuarão protegendo e cuidando dos filhos. Quem se separa é o casal, não o pais.

- Deve haver coerência entre o que é dito por ambos os pais

4º) Acompanhe de perto como seu filho estará após a comunicação.

5º) Saia para se divertir com ele e converse sempre que considerar necessário.

6º) Pessoas adultas às vezes se separam, mas isso não quer dizer que o tempo que você estve casada não teve momentos muito felizes e importantes. Foi dessa união que nasceu seu filho, portanto é importante frisar os aspectos positivos da relação.

Boa sorte!


Doutora em psicologia clínica pela PUC-SP. Psicanalista pela Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo (SBPSP). Psicoterapeuta de adultos, adolescentes, crianças, famílias e casais. Atuante como Life Coaching em diversas áreas, utilizando essa metodologia para colaborar nos processos de sucessão familiar nas empresas.

O que você achou do novo Vya Estelar?