imagem de capa

É melhor malhar ao ar livre ou na academia?

por Simone Sarti

Ir à academia, sem dúvida nenhuma, tem a grande vantagem de toda uma infraestrutura:

- Salas apropriadas, com sistema de ventilação;

- Materiais específicos para cada modalidade;

- Aparelhos de última geração que ajudam a diminuir as chances de se executar um exercício de forma incorreta;

- Diversidade de aulas para atender a todos os gostos;

- Ter um professor sempre por perto;

- Departamento de avaliação física e outras comodidades, também são ótimas vantagens.

A socialização é um fator muito importante, principalmente para os grupos da terceira idade, fase em que as relações sociais devem ser incentivadas. Porém, mesmo assim muitas pessoas não são adeptas das academias, por diferentes motivos, ou talvez por considerar as desvantagens: não gostam do ambiente fechado, preferem se exercitar sozinhas do que em meio a um grupo, maior custo, localização da academia com relação ao trabalho e vários outros. Assim sendo, a outra opção seria exercitar-se nos parques, praças, ruas etc, ou seja, ao ar livre.

Se esta for a sua escolha, alguns itens merecem atenção

- Com o calor aumentando, é fundamental o protetor solar, boné e se possível, óculos escuros;

- Qualquer que seja o tipo de exercício, aeróbios ou localizados, mantenha-se hidratado. Isso vai amenizar uma possível queda no rendimento, que acontece normalmente quando a temperatura sobe;

- Prefira locais arborizados;

- Exercitar-se sozinho à noite, ou muito cedo, não é seguro. Você pode achar que está saindo sem nada de valor, mas pode ser vítima de "pessoas" interessadas em levar seu tênis, seu monitor de frequência cardíaca, relógio, etc;

- Correr ou caminhar em calçadas e terrenos irregulares, aumentam o risco de lesões, como torções, quedas, tendinites, etc; além de oferecer um impacto maior se comparado às esteiras. Portanto, tenha muito cuidado e mantenha as musculaturas envolvidas sempre bem fortalecidas, protegendo assim coluna, quadril, joelhos e tornozelos.

Mesmo com alguns poucos inconvenientes, que podem ser perfeitamente driblados, é muito gostoso exercitar-se em meio ao verde, ar puro e brisa fresca. Enfim, o importante é fazer os exercícios com qualidade e eficiência, independente do local em que você está e para isso, o ideal é ter o acompanhamento de um profissional qualificado.

Uma dica é que as pessoas experimentem mudar de vez em quando. Por exemplo, aquele que sempre faz sozinho, conhecer uma aula em grupo, talvez uma nova modalidade; aqueles que só fazem academia, combinar com o grupo e um determinado dia fazer o treino no parque. Mas, todos nós nunca deveríamos abandonar os exercícios físicos, e também reservar uns momentos, mesmo que pequenos, ao ar livre, em locais de muito verde. Esse contato com a natureza acalma, relaxa e nos enche de energia.


Ângelo Medina é editor-chefe do portal Vya Estelar. É jornalista e ghost writer. Com 30 anos de experiência, iniciou sua carreira na cobertura das eleições à Prefeitura de São Paulo em 1988 (Jornal da Cultura). Trabalhou no Caderno 2 - O Estado de São Paulo, Revista Quatro Rodas (Abril). Colaborou em diversas publicações e foi assessor de imprensa no setor público e privado. Concebeu o site Vya Estelar em 1999. É formado em Comunicação Social pela UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora.

O que você achou do novo Vya Estelar?