DESTAQUES

Quando o outro te culpa por ter te traído. O que fazer?

Anette Lewin 01/01/2016 PSICOLOGIA
Buscar um culpado não acrescenta nada à relação

por Anette Lewin

"Fui traído por minha namorada, mas ainda gosto muito dela. Ela disse que ficou com essa pessoa por minha causa, pois não dava o carinho merecido. Mas ela disse que isso não significou nada para ela. Isso é possível?"

Resposta: É comum as pessoas jogarem a culpa de suas frustrações amorosas no parceiro. Às vezes porque realmente não conseguem expressar o que desejam e o parceiro não consegue "adivinhar"; outras vezes porque expressam, mas o parceiro não quer ou não pode realizar esses desejos. De qualquer forma, tentar resolver o problema achando um culpado nada acrescenta à relação. Muito pelo contrário: emperra-a. As frustrações sempre existirão e cabe ao casal conversar abertamente sobre elas.

O comportamento de sua parceira pode sinalizar que vocês não conseguem se comunicar nas horas de impasse e ela tentou aliviar essa frustração fugindo para uma situação nova, agradável e ainda sem conflitos. Pode tambem ser uma desculpa para justificar uma vontade de ficar com outras pessoas ao mesmo tempo. No primeiro caso a escapada não terá outro significado que só um pequeno alívio. Já no segundo, se existe nela alguma tendência a ficar com outras pessoas ao mesmo tempo, cabe a você decidir se quer ou não manter esse relacionamento.

Vya Estelar Responde

Vya Estelar quer colocar você, querido leitor, mais perto ainda de nós. Esse profissional irá responder dúvidas enviadas pelos internautas sobre um determinado tema. A psicóloga Anette Lewin responderá sobre relacionamento amoroso, conflitos na vida a dois e conjugal. Esta resposta possui dois formatos: 1º formato: responder as perguntas enviadas pelos leitores. 2º) formato: de A a Z, explicar através de uma palavra em específico (verbete) o significado do que sentimos ao amar. Esta palavra será extraída de um e-mail enviado pelo leitor a esta coluna. Os e-mails serão selecionados e editados de acordo com critério editorial do Vya Estelar, já que não será possível responder a todos. Seu nome e e-mail serão preservados.

ENVIAR PERGUNTA



Anette Lewin

É psicóloga graduada pela PUC/SP. É psicoterapeuta de adultos e adolescentes em consultório particular desde 1975 até a presente data. É coach em saúde mental.



ENQUETE

Como você vem cultivando suas relações?






VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2019
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.