imagem de capa

Vya Estelar Responde

Fala Leitor

Devo contar ao meu marido que sei da traição dele?

Abordar o tema traição no relacionamento exige cuidadosa reflexão

01 jan, 2016

por Anette Lewin

"Fui traída e continuei com meu marido. Temos 11 de casados, estou em dúvida se conto ou não para ele que sei da traição. O que devo fazer?"

Resposta: Você já fez uma opção quando, ao saber-se traída, optou pelo silêncio.

Você optou por esconder dele um lado seu (o lado que sabe), assim como ele escondeu de você um lado dele (o lado que trai). A relação manteve seu equilíbrio.

Agora, quando você pensa em romper esse equilibrio de tantos anos, é importante avaliar o que você tem a ganhar e o que tem a perder abrindo o jogo. Para isso é importante revisitar o casamento como um todo. Tente entender como você e ele lidam com novas propostas; você, certamente, já deve ter feito a ele pequenas revelações de fatos que ele não sabia, não é? Coisas do passado, conflitos do presente, enfim, abriu para ele recantos do seu eu que ele não conhecia.

Como ele reagiu? Vocês conversaram sobre isso? A relação melhorou ou piorou? Pois é, se ele reagiu mal, você tem um argumento bastante lógico para continuar calada. Isso é, se realmente quer continuar com seu casamento.

Sim, porque talvez você esteja em dúvida sobre sua vontade de continuar casada e pensou, num primeiro momento, em usar a traição como desculpa para cair fora. Reavalie. Se você realmente está cansada de seu casamento, assuma sua própria vontade como justificativa.

Para ser coerente com seus sentimentos e pensamentos, de nada adianta sair de uma relação usando o comportamento do outro como argumento. Apenas deixará você confusa na hora de encarar viver sozinha ou buscar uma nova pessoa. Explicando: você certamente se sentirá mais fortalecida se entender que sai de uma relação por ela não ser mais conveniente para você do que se entender que sai por que seu parceiro não se comportou bem.

Na primeira hipótese a rédea do movimento volta para as suas mãos; na segunda a rédea fica na mão do seu parceiro atual e, provavelmente, na mão de qualquer outro que vier a ter. Cuidado!

Se, porém, depois de todas essas reflexões você concluir que vale a pena experimentar uma nova linguagem no seu casamento para conseguir mais intimidade, mais verdade, mais cumplicidade ou, simplesmente, mais novidade, arrisque na revelação de seu segredo. Esteja, porém, preparada para reações emocionalmente carregadas e dê tempo para que seu parceiro elabore essa revelação. Não será de uma hora para outra que ele conseguirá engolir, digerir e reavaliar as coisas. Você poderá ser encarada como vilã por muito tempo até ter a boa intenção de sua atitude reconhecida; ou simplesmente ter seu casamento rompido sem possibilidades de reparação.

Só você sabe se a angústia que sente justifica revelar o que guardou por tanto tempo.


É psicóloga graduada pela PUC/SP. É psicoterapeuta de adultos e adolescentes em consultório particular desde 1975 até a presente data. É coach em saúde mental.


Vya Estelar Responde

Vya Estelar quer colocar você, querido leitor(a), ainda mais pertinho de nós. A psicóloga Anette Lewin responderá perguntas enviadas por você sobre relacionamento amoroso, conflitos na vida a dois e conjugal. Esta resposta possui dois formatos:

1º formato: responder as perguntas enviadas por você;

2º) formato: extrair uma palavra em específico de uma pergunta que você enviou (ex: traição). E partir desta palavra, revelar o significado do que sentimos ao nos relacionar. Seu nome e e-mail serão preservados.

O que você achou do novo Vya Estelar?