DESTAQUES

Liberte-se dos desejos da mente

Emilce Shrividya Starling 01/01/2016 AUTOCONHECIMENTO
São nossos pensamentos que criam nosso céu e nosso inferno

por Emilce Shrividya Starling

A natureza da mente é divagar e pensar todo o tempo. A mente é formada de dúvidas e pensamentos. Constantemente, ela pensa e duvida criando sonhos e fantasias, ficando depois emaranhada na própria teia de pensamentos que criou. Assim, ela cria seu próprio sofrimento e sofre suas conseqüências.

Algumas pessoas pensam que se deixar a mente livre, ela ficará satisfeita. Mas isso não é verdade. Quanto mais realizarmos seus desejos, mais ela vai criando uma montanha de desejos.

No mesmo momento que um desejo é satisfeito, a mente começa a querer outra coisa. É um poço sem fundo. E, não importa aonde vamos, a mente vai conosco. Portanto, não adianta tentarmos fugir dela, pois mesmo em nosso lazer, ela estará gerando sofrimento para nós. Nem adianta querer satisfazer todos seus desejos, pois sempre faltará algo.

A maioria das pessoas, em vez de ter bons pensamentos, de pensar que é filho de Deus, nobre e digno, constantemente pensa que é pecador, insignificante e indigno.

Se uma pessoa boa pensa continuamente que é pecadora, ela acabará se tornando uma pessoa amarga, triste, cometendo muitos erros e faltas, pois acredita ser uma pecadora.

Enquanto que uma pessoa má acabará se tornando boa, se pensar que é filho de Deus, puro e digno.

Compreenda que se sua mente estiver inquieta e turbulenta, se você pensa de modo negativo o tempo todo, você está prejudicando a si mesmo e também aos outros.

Você se comunica mais pela energia do pensamento do que pela fala. Desse modo, ao pensar de maneira negativa, você está transmitindo isso para seu ambiente, para seus familiares e amigos.

Como dizia Baba Muktananda, um grande mestre yogue: “São nossos pensamentos que criam nosso céu e nosso inferno; com nossos pensamentos, podemos experimentar a divindade ou diminuir-nos até nos sentirmos desprezíveis. É, pois, da maior importância pensar de modo positivo a respeito de nós mesmos e das outras pessoas”.

É por isso que os sábios ensinam a chave para transformar a mente e ser mais feliz. Eles nos ensinam a conversar com nossa mente, pensando: “Ó minha mente, sempre pense bem de você mesma e dos outros”.

Se conseguíssemos treinar a mente para ter pensamentos positivos, nós nos tornaríamos fortes e tranquilos. Mas, infelizmente devido a nossa fraqueza mental, deixamos a mente vagar para o passado, para o futuro e em mil direções. E, assim, ficamos perdidos nas criações da mente. Inseguros, com medo que algo de ruim aconteça a qualquer momento, insatisfeitos e frustrados por não realizarmos todos os nossos desejos.

Essa mente negativa cria dualidades, diferenças, preconceitos. Ela é a responsável por nossos sentimentos de limitação, nossa sensação de imperfeição e incapacidade.

Porém, se a mente se tornasse livre de tantos pensamentos negativos e dúvidas, ela experimentaria a divindade em si mesma e em toda parte. Ela que é a causa de todo sofrimento, se tornaria nossa melhor amiga.

Conseguir a mente equilibrada e tranqüila não é somente para os grandes mestres. É necessária às pessoas em todos os campos e profissões. Um médico com a mente turbulenta e negativa, pode não conseguir diagnosticar corretamente uma doença. Mas, se sua mente estiver forte e estável, consegue entender com clareza os sintomas e pode até curar seus pacientes através do poder dessa mente.

Professores de yoga, psicólogos e terapeutas precisam fortalecer suas mentes para ajudar seus alunos e pacientes. Se suas mentes forem fracas, não poderão transmitir boas energias e ficarão afetados pelos conflitos mentais das pessoas. E, com o passar dos anos, poderão acumular esses efeitos e terem também sofrimento mental.

Para ajudar alguém, precisamos primeiro ajudar a nós mesmos. Precisamos purificar e fortalecer a mente através das práticas do yoga como meditação, oração, relaxamento e consciência da respiração. É de vital importância conseguir a mente positiva, através da vigilância da mente e do cultivo dos pensamentos bons, nobres e positivos.

Para ajudar seus filhos, seu marido, sua esposa, namorado, amiga, companheiro, funcionários e familiares, contemple esses ensinamentos e comece a se transformar para melhor. Torne-se um instrumento da Luz, um mensageiro da paz.

Seja o condutor de sua própria vida e não apenas um escravo da mente. .Liberte-se das amarras da mente e de seus incessantes desejos. Agradeça a tudo, a todas as pessoas, coisas e fatos, e assim, comece a ser feliz com o que você tem, vivendo plenamente o momento presente. Fique em paz! Namaste! Ou seja, Deus em mim saúda e agradece Deus em você!




Emilce Shrividya Starling

É formada em Yoga pela Federação de Yoga do Brasil e Centro de Estudos de Yoga Narayana/S.P, com aperfeiçoamento em Hatha Yoga e Meditação nos Estados Unidos. É professora de Hatha Yoga em Santos (SP), desde 1989. Atualmente ensina Filosofia do Yoga e Meditação.



ENQUETE

Você acredita na lei de causa e efeito ou lei do carma?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2019
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.