imagem de capa

Comportamento

Amor

Estar num bom casamento X necessidade de um relacionamento extraconjugal. O que fazer?

Deve-se sempre se atentar às necessidades do outro

por Eduardo Yabusaki

O casamento pode ser muito bom e preencher tudo o que ambos desejam ou esperam de um relacionamento sério e envolvente.

Entretanto, isso não significa que o casal esteja imune a interferências externas ou mesmo desejos encobertos que podem se manifestar em momentos difíceis ou conflituosos.

É bastante comum que socialmente a infidelidade seja reconhecida como uma possibilidade frente às circunstâncias de insatisfação ou mesmo conflitos dentro de um casamento. Entretanto, é reconhecido que essa nunca é uma alternativa saudável para a estrutura do relacionamento, uma vez que compromete a confiança, o respeito e os sentimentos entre as partes.

Relacionamento extraconjugal pode não ter estar associado ao relacionamento, mas sim a necessidades ou distorções de uma das partes, que crê precisar de aventuras para se manter motivada, ou, consequentemente, manter uma motivação no casamento como um todo.

Engano, pois um envolvimento extraconjugal provavelmente vai despertar tesão e paixão, e isso em nada ajuda o casamento, ao contrário, trará interferências que podem abalar o relacionamento. Se o casamento estiver bem, pode trazer questionamentos do tipo: será qua ainda gosto mesmo dele? Ou... será que ele é mesmo a pessoa certa? Já se o casamento não ia bem tende a distanciar ainda mais o casal, provocando um esfriamento entre eles, gerando desconfiança e insatisfação.

Portanto, todo o cuidado é sempre de extrema importância para que não se deixe levar por impulsos impensados ou desejos e fantasias momentâneas. Ceder ao que for para viver uma aventura, não é benéfico para o casamento, nem mesmo para a própria cabeça, como disse acima.


Eduardo Yabusaki - Psicólogo e Sexólogo Especializado em Terapia Comportamental Cognitiva, Terapia de Casal e Terapia Sexual. Coordenador do Curso de Sexologia Clínica ministrado em diferentes cidades há mais de 15 anos. Docente convidado do Curso de Fromação em Sexologia Clínica de BH. Responsável pelo www.vidadecasalbh.com.br

O que você achou do novo Vya Estelar?