imagem de capa

Vya Estelar Responde

Fala Leitor

Terminamos, mas ela não aceitou bem o fim do namoro e temos muitos amigos em comum

Lidar com essa situação depende principalmente do uso do bom senso

01 jan, 2016

por Anette Lewin

"Pra completar, minha ex inclusive conhece minha atual namorada. Estou sem saber o que fazer no sentido de se devo ou não frequentar os lugares que ela frequenta e como manter nossas amizades em comum"

Resposta: Numa sociedade em que os relacionamentos afetivos são cada vez mais curtos, a situação que você descreve se torna cada vez mais comum.

Lidar com essa situação depende principalmente do uso do bom senso e da consciência dos envolvidos de que relacionar-se socialmente é uma coisa e relacionar-se amorosamente é outra!

O relacionamento social sempre envolve uma "máscara" onde a pessoa vai expor aquilo que é permitido no grupo. Espera-se que em uma festa a pessoa esteja alegre; num velório triste; numa aula, atenta. Caso a pessoa se comporte diferente do esperado e exponha o que sente individualmente sem levar em conta a intenção que reúne aquele grupo, as coisas ficarão, no mínimo, esquisitas.

Imagine alguém rindo sem parar num velório porque está feliz com a noticia que conseguiu um novo emprego. Estranho, não é? O bom senso manda que ela guarde sua alegria para si e compartilhe a tristeza da perda de um ser querido.

Assim deve ser nos encontros sociais entre ex-namorados, ex-noivos, ex-casados e até ex-amigos. Os sentimentos individuais ficam em segundo plano e compartilha-se os sentimentos que cabem naquela reunião.

É claro que ninguém deve ir a um encontro social onde sabe que encontrará a(o) ex no dia seguinte à separação! Nesse momento os sentimentos estarão à flor da pele e contê-los socialmente será, no mínimo, torturante. E ninguém que já está sofrendo com uma separação deve impor-se um castigo ainda maior. A exceção fica por conta das separações consensuais e bem trabalhadas onde os envolvidos já têm tudo resolvido entre si antes de comunicarem a separação à sociedade. Nesse caso, certamente o reencontro se dará de forma natural. Mas não é o que acontece na maioria das vezes. E não é o que acontece no caso do nosso internauta, cuja namorada aceitou mal o fim do namoro.

No seu caso, caro internauta, você já está namorando outra pessoa, portanto, acredita-se que já superou a fase critica da separação e assim sente-se pronto para voltar ao convívio dos velhos amigos, certo? Se assim for, volte! O fato de encontrar ou não sua ex não terá um peso maior na sua vida. Nesse caso a decisão de retomar os antigos contatos sociais representa um problema maior para ela, que, segundo sua percepção, não aceitou bem o final do namoro. Então é ela quem deve avaliar se está ou não está pronta para enfrentar a situação de encontrar você namorando outra pessoa.

Como agir ao encontrar o ex num encontro social?

Caso você a encontre, aproximar-se ou não dela depende mais das oportunidades da situação do que de qualquer outra coisa. Tente agir naturalmente e envolver-se com as pessoas do encontro evitando ficar olhando muito para ela. É possivel que nas primeiras vezes vocês não tenham assuntos em comum para falar e crie-se um clima desconfortável numa eventual aproximação. Se isso ocorrer, simplesmente saia logo da situação para evitar constrangimento para você, para ela e para sua nova namorada.

Perceba também que, assim como os relacionamentos, os grupos sociais acabam se desfazendo à medida que as pessoas envolvidas desenvolvem outros interesses. Sua nova namorada terá outros amigos, que se tornarão seus novos amigos, e assim vai... Talvez, daqui a algum tempo você e sua ex-namorada se reencontrem numa situação nova e possam se olhar de novo sem mágoas ou desconfortos. Ou não. De qualquer forma, permita-se o livre transito nos grupos em que você deseja estar, evitando supervalorizar situações do passado e lidando com elas de uma forma sensata. Afinal, encontros sociais costumam priorizar a descontração. Não são feitos para lavar roupa suja.


É psicóloga graduada pela PUC/SP. É psicoterapeuta de adultos e adolescentes em consultório particular desde 1975 até a presente data. É coach em saúde mental.


Vya Estelar Responde

Vya Estelar quer colocar você, querido leitor(a), ainda mais pertinho de nós. A psicóloga Anette Lewin responderá perguntas enviadas por você sobre relacionamento amoroso, conflitos na vida a dois e conjugal. Esta resposta possui dois formatos:

1º formato: responder as perguntas enviadas por você;

2º) formato: extrair uma palavra em específico de uma pergunta que você enviou (ex: traição). E partir desta palavra, revelar o significado do que sentimos ao nos relacionar. Seu nome e e-mail serão preservados.

O que você achou do novo Vya Estelar?