imagem de capa

Equilibre-se

Ser Integral

Tratamento naturopático para trombose

por Gilberto Coutinho

No artigo anterior (clique aqui), falei sobre os tipos de trombose, seus sintomas e causas. Agora apresentarei um tratamento naturopático para a trombose.

Tratamento

Em nossa sociedade, as varizes, as veias varicosas, assim como a tromboflebite, são bastante comuns, distúrbios ocasionados, na maioria das vezes, por fatores hereditários, dietéticos e de estilo de vida.

- Deve-se adotar, diariamente, uma dieta saudável e rica em fibras.

- Combater o sedentarismo e realizar, regularmente, atividade física moderada e adequada (como caminhada, Yoga, hidroginástica, etc.).

- Evitar permanecer em pé por longos períodos.

- Usar meias elásticas adequadas, caso seja necessário ficar muito tempo em pé e se os tornozelos incharem com frequência.

- Combater a obesidade, o tabagismo e o uso de bebidas alcoólicas.

- Empregar medidas que melhorem a integridade do tecido conjuntivo e das paredes das veias, tais como as proantocianidinas e antocianidinas. A bromelaína, enzima proteolítica ativa, extraída mais comumente do abacaxi, favorece a absorção dos nutrientes e é indicada na insuficiência pancreática. Seu uso concentrado apresenta propriedade anti-inflamatória e efeito inibidor da síntese de fibrina - proteína responsável pela formação do coágulo sanguíneo - (degrada a fibrina e o fibrinogênio), é recomendada no combate dos seguintes casos: celulite; epididimite (inflamação do epidídimo, órgão alongado de frente para trás e que recobre a borda superior do testículo); como antiadesivo plaquetário em doenças cardiovasculares e venosas; trombose; veias varicosas; flebites; úlceras externas (uso tópico); recuperação de tecidos traumatizados; doenças da tireoide; auxiliar no tratamento do câncer; necroses por tumores; alergias e menstruação penosa e dolorosa (dismenorreia). A bromelaína ajuda a evitar o desenvolvimento de uma pele dura e empelotada - esclerose -, encontrada ao redor das varizes.
" Um adulto deve consumir 2 litros e 400 ml de água, ao longo do dia, para se hidratar e tornar o sangue mais fluídico.

Atenção

1 - Todo e qualquer tratamento de saúde deve ser instituído apenas por um especialista, após interrogatório e avaliação clínica adequados de corpo presente. Por questões éticas, profissionais e legais, nenhuma consulta terapêutica deve ser realizada através de e-mails, telefonemas e/ou de qualquer outro meio que não seja o descrito acima. Este texto visa apenas a informar e a esclarecer a respeito da trombose e de suas consequências clínicas para a saúde, a auxiliar a população na identificação precoce do problema e a estimulá-la a procurar auxílio médico especializado tão logo os primeiros sinais, sintomas e suspeitas surjam. A prevenção é o melhor de todos os tratamentos.

2 - Nos casos em que a mulher, desejosa de engravidar, fez uso de hormonoterapia (especialmente, estrógeno e progesterona), repetidas vezes, para a realização da fertilização assistida in vitro, deve comunicar ao seu médico a respeito de sua preocupação em relação à trombose, consultá-lo frequentemente e monitorar, com auxílio de um aparelho, o índice de coagulação do sangue; assim também aquelas pessoas que tiveram trombose ou apresentam histórico familiar e precisam fazer uso de hormônios.

3 - A automedicação é um hábito muito perigoso. Segundo a "Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA)", estima-se que, no Brasil, essa prática seja responsável por cerca de 30% dos casos de intoxicação. Além desse problema, utilizar medicamentos por conta própria pode causar dependência, efeitos colaterais graves, reações alérgicas e até morte; por isso, é preciso combater a automedicação e somente fazer uso de remédios e medicamentos sob a orientação e a prescrição de profissionais da área de saúde.


É Naturopata e Acupunturista com formação em "Medicina Tradicional Indiana (Ayurveda)", em "Yogaterapia" pela "World University Roundtable" - Arizona, USA, em "Massoterapia Indiana Ayurveda", em "Medicina Tradicional Chinesa e Acupuntura" (Membro da "Associação de Medicina Chinesa e Acupuntura do Brasil" - SP, em "Massoterapia Chinesa'.

O que você achou do novo Vya Estelar?