imagem de capa

Vya Estelar Responde

Fala Leitor

Como lidar com ataque de pânico no ambiente de trabalho?

Pode haver algo diretamente relacionado ao ambiente de trabalho

por Eduardo Ferreira Santos

"Toda vez que chego no meu trabalho me dá umas coisas esquisitas como palpitação, calafrio, nervoso, vontade de chorar, boca seca e eu não sei o porquê. O que o senhor pode me aconselhar?"

Resposta: Pelo que você descreve é mesmo um quadro agudo de ansiedade que pode ser também chamado de "ataque de pânico", embora este nome seja dedicado aos ataques em que não há nenhum "gatilho" (pelo menos aparente), acontecendo simplesmente do nada.

No seu caso, temos o ambiente de trabalho como desencadeante dessas crises de ansiedade. Portanto, deve haver algo diretamente relacionado ao ambiente, à função que você exerce ou aos colegas de trabalho que geram todo esse desconforto psicológico traduzido em sintomas físicos devido à liberação de adrenalina.

O que (ou quem) está desencadeando isso tudo?

Você já procurou uma ajuda terapêutica para resolver essa questão?

Bem, parece que esta é a solução: procurar uma psicoterapia para encontrar a causa real e conseguir dismistificá-la ou organizar melhor sua estrutura do EU para enfrentar as adversidades da vida.


Psiquiatra e psicoterapeuta. Obteve Titulo de Mestre em Psicologia Clínica pela PUC-SP e o de Doutor em Ciências Médicas pela Faculdade de Medicina na USP. Escreveu os seguintes livros sobre relacionamento amoroso: Casamento missão (quase) impossível; Ciúme: O medo da perda; Ciúme: O lado amargo do amor Mais informações: www.ferreira-santos.med.br


Vya Estelar Responde

Vya Estelar quer colocar você, querido leitor(a), ainda mais pertinho de nós. O psiquiatra e psicoterapeuta Eduardo Ferreira Santos responderá perguntas enviadas por você sobre conflitos emocionais e existenciais; sobre transtornos psíquicos ou problemas de ordem psicológica. Os e-mails serão selecionados e publicados de acordo com critério editorial do Vya Estelar. Seu nome e e-mail não serão divulgados.


O que você achou do novo Vya Estelar?