DESTAQUES

Envio de SMS para quem não se conhece pessoalmente é traição?

Anette Lewin 01/01/2016 COMPORTAMENTO

por Anette Lewin

"É claro que no entanto muitas pessoas se sintam tentadas em algum momento a começar um novo flerte"

Resposta: O conceito de traição é muito amplo e relativo. Talvez fosse melhor as pessoas pensarem mais nas consequências de suas atitudes não convencionais do que na definição formal das palavras. Sim, porque na prática o que conta é como você vai se sentir se trair ou for traída. Não o que a traição significa para os outros, não é?

Quando existe um compromisso amoroso formal, qualquer manifestação amorosa fora desse vínculo certamente deixará o parceiro(a) chateado. Nesse sentido, no fundo não faz muita diferença se a manifestação acontece via torpedo, via telefone, pessoalmente, para uma pessoa conhecida ou desconhecida.

A mágoa acontecerá... Cabe a quem decide "pular a cerca" decidir como vai lidar com essa mágoa, caso o parceiro fique sabendo. Ou guardar esse lado não convencional a sete chaves para não envolver quem, não quer ser envolvido. Afinal, a necessidade de ter vínculos amorosos paralelos existe para algumas pessoas e não existe para outras. Mas certamente vínculos amorosos paralelos não fazem parte da maioria dos contratos de relacionamento em nossa sociedade. Então, quem quer viver esse tipo de vínculo deve estar pronto para assumir sua decisão sozinho e "digerí-lá" sozinho. Ou com ajuda profissional.

Não parece muito lógico fazer e depois não aguentar o que fez e envolver aquele que estava quietinho no seu canto. Mesmo que seja com a intenção de "consertar" o "erro"... Melhor pensar antes e imaginar a historia até o seu final. E assumí-la com todos os seus riscos.

Resumindo: em qualquer relacionamento amoroso existe uma necessidade, mesmo que fantasiosa de exclusividade. É claro que no entanto muitas pessoas se sintam tentadas em algum momento a começar um novo flerte. Se podem, não podem, devem, não devem, são questões de cunho estritamente pessoal. Nesse sentido, qualquer conselho se torna raso e piegas. Você decide, você assume!

 

Vya Estelar Responde

Vya Estelar quer colocar você, querido leitor, mais perto ainda de nós. Esse profissional irá responder dúvidas enviadas pelos internautas sobre um determinado tema. A psicóloga Anette Lewin responderá sobre relacionamento amoroso, conflitos na vida a dois e conjugal. Esta resposta possui dois formatos: 1º formato: responder as perguntas enviadas pelos leitores. 2º) formato: de A a Z, explicar através de uma palavra em específico (verbete) o significado do que sentimos ao amar. Esta palavra será extraída de um e-mail enviado pelo leitor a esta coluna. Os e-mails serão selecionados e editados de acordo com critério editorial do Vya Estelar, já que não será possível responder a todos. Seu nome e e-mail serão preservados.

ENVIAR PERGUNTA



Anette Lewin

É psicóloga graduada pela PUC/SP. É psicoterapeuta de adultos e adolescentes em consultório particular desde 1975 até a presente data. É coach em saúde mental.



ENQUETE

Eleição presidencial no Brasil se transformou em plebiscito de Bolsonaro?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2018
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.