imagem de capa

Vya Estelar Responde

Fala Leitor

Ele é muito frio e distante comigo

01 jan, 2016

Por Anette Lewin  

Ele é muito frio e distante comigo

Resposta: Seu namorado provavelmente é, em termos de expressão de afetividade e sexualidade, o que você percebe: uma pessoa mais contida. Se este aspecto te frustra, é importante que você avalie se ele tem outras qualidades que justifiquem continuar a relação uma vez que as pessoas dificilmente mudam muito. Você com o tempo poderá 'ensinar' a ele como expressar afeto, mas não espere uma mudança radical. Tente avaliar se sua necessidade de estar junto e ter a atenção dele não são frutos de uma insegurança sua.

Ao invés de estar sempre insistindo para que ele fique com você, tente fazer suas coisas e ver se ele sente sua falta e toma alguma iniciativa.

Ela não me quer mais e não sei o que fazer

Resposta: Quando você diz "O duro disto tudo é ficar longe dos filhos" você sinaliza que a relação com sua esposa é secundária para você. E talvez seja isso que ela perceba e não aceite. Pense bem qual a real importância que sua esposa tem para você. Se você ainda quer ficar com ela. Se concluir que a relação ainda tem sentido, lute por ela. Se a questão forem apenas os filhos, talvez seja melhor aceitar vê-los algumas vezes por semana, do que manter uma relação que vai machucar você, sua esposa e conseqüentemente seus filhos.

Minha mulher mentiu sobre sua vida sexual pregressa e perdi a confiança nela. Acho que o nosso casamento está acabando e ela não quer diálogo quando a procuro.

Resposta: Você está se colocando em uma posição de dependência e submissão com relação ao passado de sua mulher. Será que o problema é esse mesmo? Ou será que o casamento já não ia bem e você está procurando um 'motivo' para justificar?

Se sua mulher não quer conversar, talvez seja porque quando ela falou abertamente de seu passado a relação ficou complicada e ela teme estragar ainda mais as coisas. Procure ajuda profissional através de uma psicoterapia, ou se sua mulher concordar, uma terapia de casal. Talvez frente a uma pessoa mais neutra vocês consigam se posicionar melhor.

Atenção!
As respostas desta coluna não substituem uma consulta ou acompanhamento de um profissional de psiquiatria e não se caracterizam como sendo um atendimento


É psicóloga graduada pela PUC/SP. É psicoterapeuta de adultos e adolescentes em consultório particular desde 1975 até a presente data. É coach em saúde mental.


Vya Estelar Responde

Vya Estelar quer colocar você, querido leitor(a), ainda mais pertinho de nós. A psicóloga Anette Lewin responderá perguntas enviadas por você sobre relacionamento amoroso, conflitos na vida a dois e conjugal. Esta resposta possui dois formatos:

1º formato: responder as perguntas enviadas por você;

2º) formato: extrair uma palavra em específico de uma pergunta que você enviou (ex: traição). E partir desta palavra, revelar o significado do que sentimos ao nos relacionar. Seu nome e e-mail serão preservados.

O que você achou do novo Vya Estelar?