imagem de capa

Vya Estelar Responde

Fala Leitor

Preciso fazer viagem urgente de avião, mas tenho pânico de voar. O que faço?

Sentir medo de lugares fechados é mais comum do que se imagina

por Eduardo Ferreira Santos

Depoimento de uma leitora: 

“Tenho uma filha no Japão que me deu a notícia que estava com câncer, mas graças a Deus está curada e ainda está em tratamento.  Quando recebi a notícia fiquei apavorada, porque não tive condições para ir cuidar dela no Japão. Fiquei com isso na cabeça e, de repente, entrava no metrô, ou lugar fechado, e sentia muito pavor, que parecia me sufocar. Passado os anos, ainda sinto isso. Dia 01/03 minha filha fez aniversário e, conversando com ela através do WhatsApp, ela me disse que não está nada bem e pediu para que eu fosse dela no Japão. Queria ir, mas enquanto estávamos conversando, começou a me dar pânico, só de pensar em entrar no avião, com tudo fechado. Estou muito triste, pois quero ir vê-la. Tem alguma medicação para que eu possa viajar sem esse sintoma do medo? Desde já antecipo o meu agradecimento.”

Resposta: O medo de lugares fechados, chamado de claustrofobia, é um problema comum no dia a dia, mais do que se possa imaginar. No entanto, seu tratamento requer um longo prazo de uma boa psicoterapia para se descobrir qual é o verdadeiro foco do medo, para poder tratá-lo.

Na urgência, por outro lado, existem medicamentos que agem sobre o Sistema Nervoso Central e que podem inibir esse sentimento de medo que você tem.

Ainda que temporários, os efeitos são  valiosos para poder fazer uma viagem como você quer.

Procure um psiquiatra ou mesmo seu médico particular e exponha a ele esse problema. Provavelmente, ele irá medicá-la adequadamente.

Atenção!
Este texto e esta coluna não substituem uma consulta ou acompanhamento de um médico e não se caracterizam como sendo um atendimento.

 


Psiquiatra e psicoterapeuta. Obteve Titulo de Mestre em Psicologia Clínica pela PUC-SP e o de Doutor em Ciências Médicas pela Faculdade de Medicina na USP. Escreveu os seguintes livros sobre relacionamento amoroso: Casamento missão (quase) impossível; Ciúme: O medo da perda; Ciúme: O lado amargo do amor Mais informações: www.ferreira-santos.med.br


Vya Estelar Responde

Vya Estelar quer colocar você, querido leitor(a), ainda mais pertinho de nós. O psiquiatra e psicoterapeuta Eduardo Ferreira Santos responderá perguntas enviadas por você sobre conflitos emocionais e existenciais; sobre transtornos psíquicos ou problemas de ordem psicológica. Os e-mails serão selecionados e publicados de acordo com critério editorial do Vya Estelar. Seu nome e e-mail não serão divulgados.


O que você achou do novo Vya Estelar?