imagem de capa

Comportamento

Amor

Gamofobia: você sabe o que é?

A palavra ‘casamento’ pode fazer a pessoa entrar em estado de pânico

07 jun, 2017

por Tatiana Ades

Existem duas fobias curiosas que representam um pavor em amar: ter compromisso sério e até mesmo casar.

A gamofobia é a fobia de casamento, essa não envolve necessariamente medo, compromisso, mas a palavra ‘casamento’ pode fazer a pessoa entrar em estado de pânico. E quando falamos em pânico, não estamos exagerando.

O pensamento de se casar pode causar na pessoa sintomas como excesso de sudorese, ataques de ansiedade, crises de pânico e depressão.

Outra fobia parecida é a filofobia, essa não envolve apenas o casamento, mas o medo insuportável de ter um relacionamento sério. Essas pessoas não irão fugir apenas do ‘altar’, mas também de qualquer compromisso que possa ser sério e envolver afetividade.

Sintomas

Os sintomas da fobia são os mesmos da primeira citada e as causas de ambas podem ser:

- uma infância onde os pais brigavam demais

- abusos afetivos, verbais ou físicos vivenciados em ex-relacionamentos

- ter sido traído (a) num relacionamento e vincular compromisso com novas frustrações e traições

Essas fobias têm cura através de terapia, onde será investigado o início da mesma e tratar o medo inicial que gerou esse estado fóbico.

Geralmente são pessoas com passados afetivos traumáticos na esfera romântica ou familiar.


É psicanalista e escritora e teatróloga. Em seus livros, o foco de estudo é o comportamento humano e o amor patológico. Tem em seu currículo várias peças escritas e encenadas nos teatros de São Paulo, além de ter concorrido ao prêmio Shell de melhor texto teatral com Os Viúvos – Teatro Ruth Escobar (2003). Como escritora, em 1998, ganhou um concurso com o conto O silêncio da raposa. Eles são o resultado de uma pesquisa de três anos: Hades – Homens que amam demais e As escravas de Eros.
event 03 maio, 2019

O que você achou do novo Vya Estelar?