DESTAQUES

Consumir virou terapia

Marilena Lavorato 19/01/2018 COMPORTAMENTO
Consumir virou terapia
Fonte: imagem Pixabay
O consumista é o sonho de consumo do mundo da propaganda

Por Marilena Lavorato

A economia com seus fundamentos já nos alertou sobre a tensão existente entre os desejos ilimitados do consumo humano e os meios limitados da atividade econômica.

TEXTO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE



   

Fundamento totalmente ignorado pelos consumistas que têm a compulsão em compras, independente de precisarem ou não daquele produto.

O consumista é o sonho de consumo do mundo da propaganda; é altamente influenciado pelas campanhas publicitárias. Com a revolução industrial que possibilitou produzir em grande escala, e o surgimento dos veículos de comunicação de massa, ficou mais fácil influenciar pessoas e incentivar o consumo, também de massa. O resultado foi a construção de sociedades de consumo.  

A influência é tão grande que consumir virou terapia, ostentação, dívidas, dependência e até depressão se não conseguir satisfazer o desejo de consumo.

Esse tipo de consumo exagerado é danoso sobre vários aspectos. Demostra fragilidade de controle, e falta de pensamento lógico para entender o processo de consumir com responsabilidade.

O consumismo é o oposto do consumo consciente, aquele que avalia com cuidado o que consumir, onde consumir e quanto consumir.

O primeiro impulso para não consumir é o da lógica: preciso realmente deste produto ou serviço?  

O que se consume deve atender uma necessidade específica e bem definida. E a partir daí passar para as próximas perguntas: onde, como, quanto etc.

Consumir por impulso causa:

- dependência emocional - uma doença chamada oneomania;

- desperdício financeiro e de tempo;

- tralhas em nossas casas;

- escassez dos recursos naturais, resíduos e emissões.

Consumir por impulso não é lógico, não faz bem nem para nós e para o meio ambiente. Use a razão e não a emoção na hora de consumir. O seu bolso e o meio ambiente vão agradecer.




TAGS :

    consumir, compra, impulsiva, oneomania, compulsiva, terapia, compraterapia

Marilena Lavorato

É Publicitária (PUCC) com especialização em Marketing (ESPM), Negócios (FGV/SP), Sociologia e Política (EPGSP/SP), Gestão Ambiental (IETEC), e Gestão Empresarial Estratégica (USP). Organizadora do Programa Benchmarking Ambiental Brasileiro, Co-Editora do Livro BenchMais, Presidente do Comitê de Sustentabilidade do Instituto Mais, Professora e conferencista para os temas Benchmarking Ambiental e Marketing Verde em universidades e congressos. Mais informações: www.institutomais.org



ENQUETE

O Jornal da Cultura veiculou matéria apontando que o brasileiro não está animado com a Copa do Mundo. E você, está empolgado?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2018
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.