DESTAQUES

Você sabe perdoar?

Emilce Shrividya Starling 20/04/2018 COMPORTAMENTO
Você sabe perdoar?
Fonte: imagem Pixabay
Quem não perdoa é um sofredor e não sente paz interior

Por Emilce Shrividya Starling

Quando não guardamos mágoas em nosso interior, quando não nos irritamos com as atitudes das pessoas, quando não ficamos frustrados por situações que não podemos controlar, sentimos despreocupação e alegria. A tranquilidade flui através de nosso corpo, a mente fica pacífica e o coração se torna leve.

TEXTO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE



Para nos sentirmos livres e com entusiasmo, precisamos da postura interior do perdão. Enquanto não formos capazes de perdoar a nós mesmos e aos outros, seremos incapazes de reconhecer o amor profundo que habita dentro de nós.

O poder benevolente do perdão dissolve rancores, depressão, tristezas. Quando perdoamos facilmente, somos capazes de experimentar a beleza divina em todos os lugares. Apreciamos o silêncio, as lindas cores do amanhecer e do pôr-do-sol, a quietude dinâmica da natureza. Descobrimos as boas qualidades das pessoas e temos bons relacionamentos. Tudo isso acontece quando não guardamos ressentimentos.

É preciso dissolver a raiva assim que ela surge. O perdão tem esse poder libertador! Quem não perdoa é um sofredor e não sente paz interior.

A Filosofia do Yoga nos ensina a alcançar a evolução de não guardamos mágoas e nem dormirmos com raiva. Assim que a raiva surgir, devemos deixá-la ir embora imediatamente.

Deus é pura compaixão e nos perdoa sempre com seu infinito Amor. Mas você é capaz de perdoar a si mesmo e aos outros?

Você perdoa em pensamentos, sentimentos ou apenas diz que perdoa?

Você tem raiva reprimida e fica remoendo lembranças ou as esquece?

Você sabe o que significa realmente perdoar?

O perdão é uma grande virtude. É preciso cultivar a tolerância, a compaixão, a compreensão, a bondade e não retaliar ou se vingar.

A capacidade de conceder o perdão não acontece rapidamente. É necessário ter muita força interior, muita sabedoria e cultivar essa virtude por muito tempo.

Compreenda o que é o perdão

Muitas pessoas se confessam ou pedem perdão a Deus por seus erros, mas continuam a cometê-los. É de vital importância reconhecer os erros, aprender com eles e mudar a direção, indo para um caminho melhor e correto.

Quando você perdoa, você também tem que desistir do sentimento de ser vítima do outro que lhe fez algo prejudicial. Não é ser conivente com os erros das outras pessoas, mas compreender que você se torna seu próprio inimigo se ficar alimentando rancores e mágoas.

Para perdoar você não precisa conviver com quem lhe prejudicou, mas precisa limpar seu coração para se libertar da opressão e sofrimento que os ressentimentos causaram.

Quando você oferece seu perdão, é importante que o outro também sinta arrependimento. O perdão não substitui o arrependimento, tanto isso se aplica a você mesmo quanto à outra pessoa.

Para perdoar verdadeiramente, você têm que ter a coragem de observar seus pensamentos, sentimentos e ações e as consequências que eles criam. Somente assim você terá aceitado o perdão e terá realmente concedido perdão.

Perdoe a si mesmo. Não se culpe. Perdoe aos outros e se liberte! Você merece ser feliz! Seja seu próprio e verdadeiro amigo não guardando raiva nem por um minuto. Namaste! Deus em mim saúda Deus em você! Fique em paz!




TAGS :

    como, perdoar, não, sofrer, mágoa

Emilce Shrividya Starling

É formada em Yoga pela Federação de Yoga do Brasil e Centro de Estudos de Yoga Narayana/S.P, com aperfeiçoamento em Hatha Yoga e Meditação nos Estados Unidos. É professora de Hatha Yoga em Santos (SP), desde 1989. Atualmente ensina Filosofia do Yoga e Meditação.



ENQUETE

Eleição presidencial no Brasil se transformou em plebiscito de Bolsonaro?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2018
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.