DESTAQUES

Decotes generosos podem expor a mulher à violência sexual

Karina Simões 01/01/2016 COMPORTAMENTO

por Karina Simões

Foi divulgada uma pesquisa do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) afirmando que o comportamento e as roupas femininas podem influenciar o estupro.

O estudo apontou uma diminuição da tolerância à violência doméstica, apesar de ainda mostrar uma culpabilidade por parte das mulheres em casos de violência sexual. Culpa das mulheres? Será mesmo? Isso é digno de uma reflexão...

Na pesquisa, 65,1% dos entrevistados acreditam que "mulheres que usam roupas que mostram o corpo merecem ser atacadas". Merecem ser atacadas? Será mesmo?

Creio ser um pouco forte e acusador afirmar que as mulheres "mereçam" ser violentadas. Até porque a agressão, seja lá de que forma surja, jamais será o caminho certo a ser percorrido. Nem mesmo "merecedor" por ninguém.

No entanto, não poderia deixar de pontuar que o comportamento e as vestimentas femininas despertam sim um desejo e aguçam a curiosidade masculina, sendo assim, um gatilho para aqueles que possuem, por exemplo, algum distúrbio comportamental. Ou seja, há uma influência em poder despertar o desejo masculino, mas isso não justifica tamanha violência sofrida pelas mulheres.

Devemos ir além dos comportamentos apenas femininos. Devemos fazer uma análise e compreensão nos comportamentos iniciais infantis, por exemplo, em que hoje temos um mundo e uma "educação" com valores distorcidos onde se ensinam e estimulam meninas a dançarem o "lepo lepo" e serem aplaudidas como se isso fosse merecedor de um troféu. Isso sim é um absurdo.




Karina Simões

Psicóloga clínica cognitivo-comportamental. Possui especialização em Psicologia da Saúde e Desenvolvimento pela UFRN. Especialização pela Faculdade de Medicina do IPHC da USP. Membro da Federação Brasileira de Terapias Cognitivas - FBTC. Mais informações: www.karinasimoes.com.br



ENQUETE

O Jornal da Cultura veiculou matéria apontando que o brasileiro não está animado com a Copa do Mundo. E você, está empolgado?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2018
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.